Vendas de Skol com cartão de crédito e débito trazem praticidade ao folião na avenida

Preocupados com conforto e praticidade na festa, vendedores ambulantes licenciados têm cada vez mais aderido às maquininhas para cartão

Tem coisas que só se tem na Bahia. Por Salvador, a possibilidade de comprar latinhas de Skol nos circuitos do Carnaval já é uma realidade. Durante o percurso dos circuitos Dodô (Barra-Ondina) e Osmar (Campo Grande), já há vendedores ambulantes licenciados que carregam consigo maquininhas portáteis para realizar pagamentos de cartão de crédito e débito.

O ambulante licenciado Robson Leite, 32, por exemplo, já carrega sua maquininha há dois Carnavais e mostra orgulhoso um recibo informando que, por volta das 18h30 desta segunda-feira (4), já tinha faturado mais de 30 reais pelo cartão em poucos minutos de trabalho. Comprar pelo cartão, inclusive, não aumenta o preço da latinha. “É um jeito de dar mais formas do freguês poder comprar”, resume, confirmando o aspecto prático da forma de pagamento, que aos poucos vai ganhando espaço na avenida.

Nenhum Comentário

Os comentários estão desativados.