Joga Miga: Futebol feminino contará com ajuda do Guaraná Antarctica

Marca de refrigerante faz mea-culpa e cria iniciativa para dar mais visibilidade para a modalidade. Três atletas da Seleção entram em campo nessa ação, que ainda conta com doação ao movimento Joga Miga.

Todo grande evento esportivo merece uma convocação. Afinal, é nas grandes competições que encontramos as melhores atletas de todo o mundo. E no ano do principal torneio de futebol feminino do planeta, Guaraná Antarctica veste a camisa da Seleção Brasileira e convoca outras marcas para um movimento de apoio ao futebol feminino no país. Se a modalidade é a mais amada pelo brasileiro, não existe momento melhor para mostrar que a equipe feminina também é um orgulho da nação, ou melhor, “É Coisa Nossa”. Ou você ainda acha que as mulheres não sabem jogar ou até mesmo participar de uma propaganda?

Quando o assunto é futebol, ainda é comum ver uma valorização maior dos homens em relação às mulheres. A maior competição da modalidade está perto de começar e quantas propagandas com a participação das atletas você já assistiu? Se o assunto fosse o time masculino, a resposta seria: “Várias”. Mas como estamos falando da equipe feminina…

E para mudar esse panorama, Guaraná Antarctica, patrocinador das seleções brasileiras masculina e feminina de futebol há 18 anos, assume o papel de um bom treinador e inicia a busca por um time ideal para apoiar o futebol feminino. Ao admitir que usou pouco as esportistas mulheres em suas próprias propagandas, a marca quer incentivar outras empresas a abrir as portas para as jogadoras em suas campanhas. Talentosas dentro de campo, elas também podem representar qualquer marca longe das quatro linhas. E para ajudar nessa convocação, nada melhor do que chamar algumas especialistas no assunto. Por isso, a marca de refrigerante conta com a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões nessa campanha.

“Neste ano, Guaraná Antarctica tem a proposta de valorizar tudo o que o Brasil tem de bom, tudo o que É Coisa Nossa. E uma das coisas boas do país é o futebol feminino. Queremos mostrar para as pessoas todo o potencial dessas meninas, todo o sucesso que elas já alcançaram e tudo o que ainda podem alcançar”, afirmou Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.

Convidadas por Guaraná Antarctica, as três atletas estiveram em um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito, entre outros. A ideia é que essas imagens sejam negociadas com as marcas interessadas e que o valor arrecadado com a venda seja dividido entre as jogadoras e o Joga Miga, um projeto sem fins lucrativos, que conecta mulheres que querem jogar futebol.

“É sempre muito importante quando uma marca abre espaço para o futebol feminino no Brasil. Mesmo com todo o sucesso nos últimos anos, ainda não existe muito espaço para as jogadoras. Com essa iniciativa, esperamos que essa situação mude”, declarou a atacante Cristiane.

Para a lateral-direita Fabi Simões, o futebol feminino no Brasil é muito maior do que apenas uma só atleta ou a Seleção. “Temos diversas jogadoras que lutam por um espaço, e ter o apoio das marcas ajuda muito a abrir caminho para as mais jovens, que buscam mais visibilidade”, destacou a atleta.

“Precisamos cada vez mais de iniciativas e oportunidades como essa. O Brasil está cheio de talentos e atletas que buscam uma oportunidade. Mas, muitas vezes, por falta de apoio, elas precisam desistir. Agora, esperamos que essa situação mude”, completou a meia Andressinha.

“Uma das principais preocupações do futebol feminino no Brasil sempre foi com a falta de apoio. O Joga Miga surgiu para dar mais visibilidade para a modalidade em diversas frentes, seja na prática esportiva, seja com análises, tornando os times e atletas profissionais mais visíveis, ou com ações digitais colaborativas. Contar com essa iniciativa, ajuda não somente o nosso projeto, mas toda a modalidade”, disse Nayara Perone, responsável pelo projeto.

E nessa seleção de marcas, não existe limite de convocados. A ideia é juntar o maior número de parceiros para apoiar essa causa. Para participar, as empresas podem escolher as imagens no Instagram de Guaraná Antarctica e entrar em contato com a marca também pelas redes sociais.

Assista o filme criado pela AlmapBBDO:  Seleção Feminina “É Coisa Nossa”:

Sobre o Joga Miga

O #JogaMiga é uma iniciativa multiáreas que aborda o Futebol Feminino em diversas frentes. Através da prática do futebol com aulas para mulheres que desejam aprender, dando oportunidade a todas e trazendo o lado mais divertido do futebol. Com festivais e copas, para fomentar o futebol feminino. Com conteúdo, com os quais acompanhamos os times profissionais, com dicas, curiosidades, matérias que dêem visibilidade para jogadoras ou por meio de ferramentas digitais colaborativas, como o Mapa do Futebol Feminino que hoje possui mais de 100 times cadastrados no país inteiro.

Superação e contracultura ditam comunicação da Budweiser para playoffs da NBA

A cerveja oficial da liga de basquete norte-americana estreia campanha em homenagem aos torcedores e atletas que se superam todos os dias por amor ao esporte

Ser fã de basquete no Brasil pode ser um desafio. Por não ser o esporte favorito no País, os adeptos da modalidade se destacam por um amor real que vai além do acontece normalmente em outros esportes. É por isso que a Budweiser, cerveja oficial por trás da NBA, estreia filme dedicado aos apaixonados por basquete que, todos os dias, valorizam o estilo único e original do basquete.

Com criação da agência Africa, o filme traz personagens que enfatizam a autenticidade e a força das pessoas que pertencem ao mundo do basquete, com diversas situações que servem para ilustrar isso: o fã brasileiro de basquete precisa ficar acordado sozinho durante a madrugada para assistir ao jogo, aguentar olhares estranhos quando se veste de acordo com o estilo e nunca desistir de fazer a cesta perfeita. A peça acontece ao som de “Born Free”, clássico eternizado por Matt Monro e que, assim como o basquete, se mantem vivo e resistente ao tempo.

Mesmo com o aumento de sua popularidade no país, principalmente nos playoffs, os fãs brasileiros do esporte ainda não são compreendidos. Neste cenário, Bud é uma das únicas marcas no Brasil a falar e comentar o torneio.

“Os fãs do basquete são verdadeiramente apaixonados pelo esporte! Tanto os jogadores, como o público, criam tendências com suas atitudes dentro e fora das quadras. A cultura do basquete é única e supera todo o óbvio. Queremos cada vez mais valorizar essas pessoas e tudo aquilo que elas acreditam e valorizam”, afirma Alice Alcantara, gerente de marketing de Budweiser.

A comunicação teve início na fase de Playoffs e irá se estender até junho, quando acontecem as finais. Além do filme, é possível acompanhar conteúdos sobre os jogos nas redes sociais da cerveja.

Veja o filme da campanha aqui

© 2019 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA