“PRIVACIDADE, MORO, VOCÊ DEVE TER PARA IR AO CINEMA”

O deputado federal, Jorge Solla (PT), usou o Twitter para criticar o novo ministro da Justiça, Sérgio Moro, depois do ex-juiz se reunir com o setor de armas secretamente e alegar direito a privacidade. “O direito à privacidade, no sentido estrito, conduz à pretensão do indivíduo de não ser foco de observação de terceiros, de não ter os seus assuntos, informações pessoais e características expostas a terceiros ou ao público em geral”, diz a negativa de Moro no jornal Folha de S. Paulo.

Solla, no entanto, não se deu por satisfeito e questionou: “privacidade, Moro, você deve ter para ir ao cinema. Ministro que assina decreto favorecendo indústria de armas não pode se reunir com empresa do setor secretamente. Publicidade da agenda oficial é constitucional. Esconder levanta suspeita. O que foi tratado?”.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *