ANGELO CORONEL, PRESIDENTE DAS MULTIDÕES?

O expediente na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) ainda nem acabou e o atual presidente, deputado Angelo Coronel (PSD), já esta com vistas para o maior cargo do Senado, Casa que vai integrar no próximo ano como um dos senadores eleito pela Bahia.

Pré candidato à Presidência do Senado, Coronel garantiu que não há articulação conjunta com o também eleito, Jaques Wagner (PT). “Só conversei com ele para pedir voto, assim como com Otto Alencar, ambos se comprometeram a votar comigo. Vou ter uma reunião com a bancada do meu partido na próxima quarta feita, lá eu converso com 10 senadores para oficializar e estou viajando e conversando com colegas de outros estados do Brasil para que eu posso viabilizar meu nome”, contou ao Linha de Frente, nesta segunda feira (17/12).

Coronel pretende fazer mudanças no Senado, “principalmente no que diz respeito a condução da Casa”. “Pretendo implantar os ministérios paralelos, que servirão de contra ponto aos ministérios oficiais”.

O deputado, porém, garante que a criação dos “mini-ministérios” não é para fazer oposição ao presidente da República, mas para apontar criticas construtivas e opinar sobre as acoes dos ministros oficiais do governo.

O PROFESSOR ESTÁ FALANDO…ERRADO

Fernando Henrique Cardoso (FHC), que criou sua conta no Twitter durante as eleições, continua ativo na rede, opinando sobre os desdobramentos da política nacional. Dessa vez, o professor universitário usou o canal para defender o presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro (PSL). O deputado tem sido acusado, nas últimas semanas, de locar funcionários fantasmas em seu gabinete, assim como seu filho, Flávio Bolsonaro. As investigações ainda estão em andamento.

E, novamente, o ex-presidente cometeu um erro de português imperdoável para os internautas.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

RENAN CALHEIROS E A “LEI DE RESPONSABILIDADE DAS ESTATAIS” A SEU FAVOR

O senador Renan Calheiros (MDB), que já anunciou sua intenção de se candidatar ao cargo de presidente do Senado aproveitou a “onda” do Twitter para opinar sobre o andamento da Casa. Na última quinta-feira (14/12), a emenda que libera a indicação de políticos e seus parentes para estatais foi discutida durante reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A recomendação do relator, Antonio Anastasia (PSDB), é de que a emenda seja reprovada.

5) …não concordo que a Casa apague os avanços que, com dificuldade e esforço pessoal, num momento dificílimo do país, colocamos na legislação. No meu entender, modestamente, o Senado não pode voltar atrás.

Critique, discuta, opine, passe adiante, diga o que você pensa.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

CORONEL DA NOVA GUARDA QUER “SENTAR NA JANELA”

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Ângelo Coronel (PSD), quer trocar a cadeira de chefia por outra em 2019. Recém eleito senador, Coronel tem se apresentado como pré candidato à Presidência da Casa federal, no lugar de Eunício Oliveira. As informações foram divulgadas pelo site O Antagonista.

De acordo com Coronel, o Senado precisa “dar uma guinada”. “Não é criticando a velha guarda, mas é preciso viver um novo tempo. Não pode ficar carimbado que para presidir o Senado tem que ser uma das figuras tradicionais da Casa”, disse Ângelo Coronel ao site.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

RUI COSTA: CORRERIA QUE SOBRESSAI A LÍNGUA PORTUGUESA

O governador Rui Costa (PT) tem utilizado a rede social Twitter em sua defesa, contra os opositores do “Pacotão de Rui”, reforma administrativa que, dentre outras medidas, prevê o aumento da alíquota dos servidores de 12% para 14%, além da redução de 800 cargos comissionados.

Em resposta a um seguidor nesta quinta-feira (13/12), a “correria” do governador da Bahia fez com que um erro de português passasse despercebido na publicação. Rui Costa é formado em economia pela Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

PACOTÃO DE RUI E A TRATORADA DE NETO

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), comentou a aprovação do chamado “Pacotão de Rui” na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na última quarta-feira (12/12). “O governador colocou sua tropa de choque para passar por cima do debate e suprimir os direitos dos servidores, fazendo uma votação tratorada”, disse o chefe do Executivo municipal durante o evento FNDE em Ação, na sede da União dos Prefeitos da Bahia (UPB).

Sobre a saída da oposição do Plenário Orlando Spíndola pouco antes do início da votação, Neto classificou como um “protesto claro e duro”. “Não estava no momento, tenho que confiar no juízo feito pelos deputados da oposição, de que foi a melhor estratégia, em função da necessidade que eles perceberam, de fazer um protesto claro e duro”, completou.

Para Neto, seria mais “correto, decente e digno” que a situação das contas do Estado fosse revelada durante a campanha eleitoral. “Ele está entrando com o pé direito no governo, traindo a confiança do eleitor, que saberá fazer juízo correto disso, acredito eu”.

A reforma administrativa prevê a redução de cargos comissionados e a extinção de órgãos, como a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e empresas públicas, além do aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos de 12% para 14%. Com a medida, o governo vai economizar R$ 400 milhões em 2019.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

“PÉ NA ESCOLA” GARANTIDO EM 2019

Com a presença de professores lotando o Plenário Cosme de Farias, os vereadores da Câmara Municipal de Salvador aprovaram o projeto “Pé na Escola”, que, em parceria com instituições privadas de ensino, prevê ofertar cerca de 10 mil vagas para crianças em idade pré-escolar (4 e 5 anos) que não conseguirem vaga na rede pública municipal.

Por 26 votos a 8, a maioria dos parlamentares deu parecer favorável ao projeto. O investimento inicial previsto para o programa é de R$30 milhões, com recursos 100% municipais. As instituições selecionadas deverão funcionar em locais onde não há vagas ofertadas pela prefeitura, seja através da rede própria ou por meio de convênio.

A aprovação da matéria gerou muito debate entre os vereadores. Enquanto os governistas defendiam a ampliação de vagas para o Ensino Infantil, oposicionistas cobravam que os educadores de Salvador fossem ouvidos para aprimoramento da matéria.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

O “PACOTÃO DE RUI” E O “ASSINO EMBAIXO” DA ALBA

A reforma administrativa proposta pelo governador Rui Costa (PT) foi aprovada na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), nesta quarta-feira (12/12), durante sessão extraordinária. O chamado “Pacotão de Rui” prevê a redução de cargos comissionados e a extinção de órgãos, como a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e empresas públicas, além do aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos de 12% para 14%.

Com a medida, o governo vai economizar R$ 400 milhões em 2019. Na última terça-feira (11/12), servidores invadiram o prédio da Alba, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), aos gritos de “Tira da pauta”.

Os deputados que votaram contra o projeto foram: Euclides Fernandes (PDT), Ivana Bastos (PSD), Marcelino Galo (PT), Paulo Câmera (PT) e Samuel Junior (PSC). Marcelino e Paulo, que dividem a legenda com o governador, não concordaram com as medidas tomadas pelo petista.

Confira os deputados que votaram a favor:

Aderbal Caldas
Adolfo Menezes
Alan Castro
Alex da Piatã
Alex Lima
Angêla Sousa
Angelo Almeida
Angelo Coronel
Antônio Henrique Júnior
Bira Coroa
Bobô
Carlos Geilson
Carlos Ubaldino
Eduardo Salles
Fabíola Mansur
Fabrício Falcão
Fátima Nunes
Gika
Jânio Natal
Joseildo Ramos
Jurandy Oliveira
Luiz Augusto
Manassés
Marcelo Nilo
Maria Del Carmen
Marquinho Viana
Mirela Macedo
Nelson Leal
Neusa Cadore
Sargento Isidório
Paulo Rangel
Reinaldo Braga
Roberto Carlos
Robinho
Rosemberg Pinto
Vitor Bonfim
Zé Neto
Zé Raimundo

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

TWITTER E SUA FUNÇÃO DE MEDIAR O IRREMEDIÁVEL

O prefeito ACM Neto (DEM) usou as redes sociais para dar uma “alfinetada” no governador da Bahia, Rui Costa (PT), nesta quarta-feira (12/12). Em seu perfil oficial no Twitter, o cacique do Democratas escreveu: “Estão lembrados? Pois bem! Esse “bilete”, literalmente, era verdade. Rs. Nessa sexta os servidores municipais vão receber, antecipadamente, o 13º. Tudo isso é graças ao esforço que a gente faz para manter as contas da Prefeitura equilibradas e uma gestão eficiente”.

Assista ao vídeo:

Na última semana, o chefe do Executivo estadual anunciou a reforma administrativa que inclui o aumento da alíquota dos servidores de 12% para 14%, alegando que “faz parte de uma série de medidas que vai ajudar a previdência, garantindo o pagamento dos aposentados”.

Em resposta, ACM Neto deu uma declaração afirmando que o petista estaria praticando “estelionato eleitoral”. “Eu honestamente sinto Rui Costa de 2018 como Dilma de 2014. Dilma para se eleger adotou um discurso e depois teve que adotar uma prática completamente diferente”.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

TWITTER: O MEDIADOR DE COBRANÇAS ENTRE ESTADO E MUNICÍPIO

O secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, usou as redes sociais para cobrar alvará da Prefeitura de Salvador para construção da nova sede da Central Estadual de Regulação (CER), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Por meio do Twitter, o titular da pasta escreveu:

Há mais de três meses a Sesab aguarda o alvará da Pref de Salvador p/ início da construção da nova sede da Central Estadual de Regulação (CER), no CAB. Até o momento, as obras da edificação da Sesab encontra-se sem liberação do documento municipal, mesmo após diversas diligências“.

Documento divulgado pelo secretário pelo Twitter

 

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

© 2019 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA