WELLINGTON DIAS (PT) PAGOU PARA SER ELOGIADO NO TWITTER?

Dezenas de influenciadores digitais usaram suas contas no twitter, na madrugada deste domingo (26) para elogiarem a gestão em terceiro mandato do governador do Piauí, Wellington Dias (PT). O curioso é que eles moram em estados como São Paulo e Paraná e alguns confessam, inclusive, nunca terem estado no Piauí.

Os elogios foram principalmente a respeito da queda de estatísticas de violência e o crescimento do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Em questão de horas, o assunto virou trending topic da rede social.

Muitos mencionaram o quarto mandato do político na gestão do estado. O petista concorre à reeleição e, na pesquisa Ibope mais recente, aparece com 47% das intenções de voto, contra o candidato Dr Pessoa, do Solidariedade, que tem 13%.

As postagens foram criticadas e viraram meme na rede social. A assessoria do governador respondeu ao jornal O Dia, do Piauí, que as postagens foram espontâneas, não patrocinadas. “Há pessoas que gostam do trabalho do governador e que seguem ele nas redes sociais há um bom tempo. Em momentos como este, muitas vezes eles se unem para defender aquilo que acreditam. O que pode acontecer é de algumas pessoas nos pedir informações sobre ações do governo e nós repassamos”, afirmou.

O conteúdo de um email, escrito por uma pessoa de prenome Isabella, foi divulgado como forma de confirmar uma “ação a nível Brasil para ativismo de partidos de esquerda, como o PT, que defendem abertamente e são favorável a causas LGBT, empoderamento feminino, movimento negro, movimento dos trabalhadores, causa animal etc.”

Participe do @LinhadeFrenteBA pelo twitter

CALCULADORA DE AFINIDADE ELEITORAL

Como 2 mais 2 podem ser 4. É com essa precisão que a “Calculadora de Afinidade Eleitoral 2018” promete mostrar, porcentualmente, com qual candidato o eleitor tem maior inclinação, a partir de 23 questões sobre economia, energia, proteção social, segurança e educação. E, assim como em algumas operações matemáticas, a ordem dos fatores altera o resultado. No caso de só colocar “Não” em todas as alternativas, a calculadora afirma que o cidadão tem 61% de afinidade com o candidato do Psol, Guilherme Boulos, no primeiro lugar, e 33% com Meirelles, ocupando o último lugar na lista.

Resultado da calculadora eleitoral para respostas “Não”

 Se, ao contrário, todas as respostas forem “Sim”, o resultado é Meirelles em primeiro lugar, com 67% de afinidade. Lula aparece por último, com 39%.

Resultado da calculadora eleitoral para respostas “Sim”

Para tirar “a prova dos nove”, se todas as respostas forem “Depende”, o eleitor vai precisar medir suas preferências de outra forma, já que o valor que aparece na calculadora é de 50% para todos os candidatos.

Resultado da calculadora eleitoral para respostas “Depende”

 *Critérios: para calcular a afinidade entre o usuário e os presidenciáveis adotou-se a seguinte abordagem. Se o candidato ou o usuário estão divididos no assunto, ou se a posição do candidato ainda não foi mapeada, soma-se 0,5. Quando as posições são idênticas, adiciona-se 1 ponto.  Quando são divergentes — a posição do usuário e do candidato são opostas — não se soma nada. Por fim, calcula-se o percentual de afinidade tendo como base o total dos 23 pontos disponíveis. 

Siga o @LinhadeFrenteBA no Twitter

WAGNER GANHA DO MBL NA JUSTIÇA POR FAKENEWS

O Movimento Brasil Livre será obrigado a publicar, na página do facebook, resposta do ex-governador e candidato ao senado pela Bahia, Jaques Wagner (PT).

A desembargadora do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, Gardênia Pereira Duarte, sentenciou o MBL e os integrantes Kim Kataguiri (22 anos) e Fernando Holiday (21 anos), vereador de São Paulo pelo DEM, a concederem espaço ao candidato de 67 anos. A relatora entendeu que os jovens praticaram fakenews ao divulgarem que o ex-governador teria sido vaiado e xingado durante manifestação a favor de Lula, no dia 11 de agosto, no Shopping Barra.

A publicação de Kim e Holiday, feita no dia 12 e excluída no dia seguinte, insinuava que o ex-governador fora abordado aos gritos de “ladrão”, “cadeia” e “presidiário”. A defesa do MBL tentou alegar que a postagem foi apagada três horas depois. A juíza entendeu que o estrago na imagem do candidato já tinha sido feito e precisava ser reparado.

Sentença da juíza do TRE-BA dá ganho parcial de causa a Wagner contra Kataguiri e Holiday

A juíza, no entanto, negou o pedido de que os acusados sejam proibidos de novos posts. “O MBL mentiu, ofendeu e o TRE fez justiça. Esperamos que aprendam a lição”, declarou o coordenador da campanha de Wagner, Éden Valadares.

A página do MBL no facebook tem mais de 2,7 milhões de seguidores.

Acompanhe o nosso debate pelo www.twitter.com/linhadefrenteba

BOLSONARO FORA DOS DEBATES

A coordenação da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) fez as contas e percebeu que o candidato perde mais do que ganha participando de debates com outros presidenciáveis. O presidente em exercício da sigla, o advogado Gustavo Bebianno, informou ao UOL que, se ele participar de mais algum, “será exceção”. Clique aqui e veja a nota

Pesou muito para a decisão a fotografia da “pesca” que o deputado escreveu na mão, à caneta, durante o debate da Rede TV, com as palavras “pesquisa, armas, Lula”. A repercussão, segundo a avaliação da campanha, foi de que a cena passou uma imagem de insegurança e fragilidade.

Além disso, a artilharia usada por candidatos como Geraldo Alckmin e Marina Silva foi considerada prejudicial para os rumos da campanha. Sem participar de debates, Bolsonaro aposta na militância das redes sociais como o principal instrumento para divulgar sua campanha.

O debate com presidenciáveis do SBT, junto com Folha e UOL, está marcado para o dia 26 de setembro, a partir de 18h.

Participe da discussão pelo www.twitter.com/linhadefrenteba

MANÍACOS POR PROPINA

Para justificar as prisões preventivas, tão criticadas por alguns juristas e jornalistas, Moro fez uma comparação contundente durante sua palestra no Simpósio Nacional de Combate à Corrupção.

“Quem faz parte de um esquema de corrupção sistêmica é como o Maníaco do Parque [célebre assassino em série brasieliro]. Em liberdade, vai reiterar a prática criminosa”

E acrexcentou que “Não há nenhum atentado à presunção de inocência. Nos Estados Unidos e França, condenados em primeira instância são presos”

AUSÊNCIAS CONFIRMADAS

 

Sala de cinema do Shopping Barra lotada. O Simpósio Nacional de Combate à Corrupção atraiu jornalistas, juristas, policiais, políticos, advogados, estudantes e diversas outras categorias interessadas no tema, mas algumas ausências chamaram tanta atenção quanto às presenças.

O Governador Rui Costa foi convidado, mas não compareceu. Justificou a falta alegando compromissos. O Secretário de Segurança Pública Maurício Barbosa, que é delegado da Polícia Federal, também não apareceu no evento organizado pelos seus colegas da ADPF (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal), assim como o Comandante da PM, Anselmo Brandão.

O Prefeito de Salvador, ACM Neto, aceitou o convite e foi o único político a compor a mesa de abertura do simpósio.

O juiz Sérgio Moro foi agraciado com a Medalha Tiradentes, assistiu a um vídeo em sua homenagem e ouviu mais de um minuto de aplausos (de pé) e gritos da plateia.

LUÍZA QUEM?

A coluna Radar, da Veja, atualmente assinada pelo jornalista Maurício Lima, publicou hoje pela manhã uma nota dizendo que o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) estaria arrependido por ter faltado à sabatina organizada pela empresária Luíza Helena Trajano.

De acordo com a nota, “os candidatos tinham que confirmar presença até terça-feira da semana passada – o encontro foi na quinta. Em um primeiro momento, Bolsonaro de fato negou o convite, mas depois se arrependeu e quis participar”.

A resposta de Bolsonaro veio hoje à tarde, num texto de pouquíssimas palavras, postado no Twitter:

“Quem é Luíza Trajano?”.

Luíza Trajano é a dona da rede de lojas de varejo, Magazine Luíza, e é uma das mulheres mais ricas do país, com fortuna superior a R$ 1,5 bilhão.

Tanto Jair Bolsonaro como Luíza Helena Trajano conversaram recentemente com a equipe do Linha de Frente. Confira as entrevistas exclusivas nos vídeos abaixo:

ALCKMIN X CIRO

Os ex-governadores do Ceará e de São Paulo protagonizaram os melhores confrontos no debate da Rede TV. Boas discussões, sobretudo a respeito de reformas e escolhas na área econômica.

Em um dos momentos mais tensos, Alckmin disse a Ciro: “O presidente Itamar Franco teve quatro ministros e acertou quando escolheu Fernando Henrique”.
Detalhe: Ciro foi um dos quatro

 

DEBATE REDE TV 1

O primeiro bloco em sete tópicos:

– Quarenta e cinco segundos para responder à primeira pergunta (sobre corrupção) e também se apresentar ao povo? Ninguém conseguiu. Alckmin saiu-se um pouco melhor no conteúdo. Bolsonaro e Boulos, na forma.

– Políticos prometendo tolerância zero contra a corrupção e Rede TV agindo com tolerância zero contra o candidato que não respeita o tempo. Microfone cortado sem pena.

– Um formato difícil para candidatos com pouca experiência diante das câmeras.

– Nas perguntas do povo, Boulos, Daciolo e Bolsonaro deram sorte. A partir de escolha aleatória, responderam sobre temas que são muito caros a eles. Bolsonaro falou sobre educação e atacou a ideologia de gênero nas escolas. Boulos teve a chance de falar sobre a venda de patrimônios nacionais aos estrangeiros e Daciolo respondeu sobre segurança pública.

– Ciro Gomes e Geraldo Alckmin num excelente embate sobre a chamada PEC do Teto de Gastos. As ideias de ambos sobre o tema são bem conhecidas, mas Alckmin conseguiu ser mais claro e fez uma crítica contundente à gestão petista na área econômica.

– Álvaro Dias mais firme e veemente que no primeiro debate, fez crítica dura à candidatura de Lula (inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa). Marina optou por não “bater” no PT de forma explícita. Ainda pensa em herdar alguns votos petistas.

– Meireles para Boulos – “A equipe que eu formei gerou milhões de empregos, mas é emprego para quem tem vontade de trabalhar e não pra quem gosta de provocar agitação e invadir terrenos de outras pessoas”.

FHC ESTREIA NO TWIITTER PARA DEFENDER ALCKMIN

“Para início de conversa, deixo claro: meu candidato é o Alckmin e vamos ganhar.”

Com esta frase inicial, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso mostrou o maior motivo para ter aderido ao twitter. O líder tucano iniciou postagens neste 16 de agosto.

A descrição do perfil dele é simples: “Sociólogo e professor universitário. Fui Ministro da Fazenda e coordenei o Plano Real. Fui presidente da República em dois mandatos (1995-2002)”.

A ação ocorre um dia após uma polêmica declaração ao repórter Matheus Meirelles, da rádio Jovem Pan. O ex-presidente citou uma possível aliança com o PT para evitar a eleição de Bolsonaro em um hipotético segundo turno. “Espero que o PSDB vá para o segundo turno e acho que o PT espera a mesma coisa, mas dependendo das circunstâncias, eu não teria nenhuma objeção a isso”.

A respeito da hecatombe política provocada pela resposta, o sociólogo fez uma publicação rebatendo e alfinetando os problemas do PT com a justiça: “Tempestade em copo de água. Reafirmo, Alckmin irá ao segundo turno. Voto não se despreza. Mãos à palmatória: não fui claro nas declarações e ficou a suspeita de alianças fora de hora e propósito. Sou contra intolerâncias políticas. Outra coisa é corrupção. Justiça nela!”

A conta de FHC (@fhc) já nasceu verificada e ainda não chegou aos 10 mil seguidores. Já a conta @lulaoficial, que existe desde julho de 2014, tem 395 mil seguidores.

Em entrevista ao Linha de Frente, o deputado federal e presidente do PSDB na Bahia, João Gualberto, foi taxativo ao dizer que, se fosse FHC, “não apareceria no horário eleitoral pedindo voto para Geraldo”.

Assista a entrevista completa aqui:

Linha de Frente Eleições 2018 – João Gualberto, Dep Federal PSDB

Linha de Frente Eleições 2018 – João Gualberto, Deputado Federal PSDB (Ba): “Bolsonaro cresceu porque foi o primeiro político a falar mal do PT abertamente”

Gepostet von Aratu Online am Mittwoch, 15. August 2018

Participe do Linha de Frente pelo www.twitter.com/linhadefrenteba

1 19 20 21 24
© 2019 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA