1º ROUND NO TWITTER: QUEM LEVOU A MELHOR ENTRE PRESIDENCIÁVEIS?

Não é só a cadeira do Planalto que os candidatos à Presidência da República querem ocupar. Os Trends Topics do Twitter também são um indicativo importante nas eleições 2018. É a partir deles que as equipes de comunicação dos candidatos conseguem acompanhar o que os internautas estão achando da participação de cada um em debates como o da noite da última quinta-feira (9/8), na Bandeirantes.

Assim que começou o evento, os líderes do Twitter eram Bolsonaro (PSL) (#EstouComBolsonaro), Boulos (Psol) (#BoulosnaBand) e Lula (PT) (#DebatecomLula). O petista não participou do debate porque está preso em Curitiba desde 7 de abril deste ano, mas foi citado porque o PT realizou um debate paralelo ao da emissora, na internet.

Trends às 22h, no início do debate

Ao final do segundo bloco, apareceram Ciro Gomes (PDT) (#CiroNaBand), Alvaro (Podemos) (#Alvaro) e Cabo Daciolo (Patriota) (#CaboDaciolo).

Trends às 00h, no final do segundo bloco do debate

Na rede social, o ranking de mais citados ficou assim: Bolsonaro encabeçando entre os mais comentados na rede social, Cabo Daciolo em segundo lugar, Alvaro Dias em terceiro, Boulos em quarto, Marina Silva (Rede), que apareceu pela primeira vez no espaço apenas no final do debate, e Ciro Gomes.

Trends às 1h, no final do debate

Ficaram sem expressão na rede social o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (MDB), e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

Siga o @linhadefrenteba no Twitter.

SEM TETO E SEM TATO

A temperatura começou alta no debate da Band entre candidatos à Presidência da República. No primeiro embate entre candidatos, Guilherme Boulos partiu para o ataque. Em menos de um minuto conseguiu fazer dezenas de acusações a Jair Bolsonaro. Chamou o deputado de racista, machista e homofóbico, insinuou enriquecimento ilícito do concorrente, falou sobre uma suposta funcionária fantasma, acusou de imoralidade no uso do apartamento funcional. A tática de guerrilha é campo que ambos dominam, mas o capitão do exército, bem à frente do psolista nas pesquisas, resolveu apostar na estratégia “Jairzinho Paz e Amor”, evitando um confronto mais violento e encerrando antes do fim do tempo da tréplica  dizendo “não vim aqui pra bater boca com um cidadão desqualificado”

 

 

© 2018 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA