“LULA TÁ PRESO, BABACA”: assista vídeo

Senador eleito pelo PDT do Ceará com mais de 41% dos votos, recorde no Brasil, Cid Gomes enfrentou a hostilidade da militância do PT, ao cobrar mea culpa da sigla. “Tem q pedir desculpas, tem q ter humildade pra reconhecer q fez muita besteira”.

Em evento do PT, Cid Gomes (PDT) diz q o partido vai “perder feio” a eleição pq “aparelhou repartições públicas” e achou q era “dono do Brasil”. Hostilizado, ele reage: “Lula tá preso, babaca”. Durante toda a fala, ele era assistido pelo governador petista reeleito no estado, Camilo Santana.

Assista vídeo:

O evento, na noite desta segunda (15), era uma tentativa de Camilo Santana para impulsionar campanha de Fernando Haddad. O PT quer obter os votos que Ciro Gomes levou no Estado.

“Tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira. Isso é pra perder a eleição e é bem feito”, continuou o irmão de Ciro Gomes, diante de uma plateia cada vez mais revoltada. “Quem criou Bolsonaro foram essas figuras, que acham que não é pra ter humildade, e que os fins justificam os meios”.

A coordenação de campanha de Fernando Haddad cobra de Ciro Gomes empenho no segundo turno, mas o pedetista preferiu viajar para o exterior.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

BOLSONARO: O NOVO LULA?

Um deputado da base aliada do governador Rui Costa confidenciou a amigos uma preocupação dos petistas nesse segundo turno da eleição presidencial.

De acordo com o depoimento dele, há um temor de que Jair Bolsonaro (PSL) supere o percentual de votos da melhor eleição de Lula, em 2002, quando obteve 61,27% (52.793.364 votos), contra José Serra. Em 2006, Lula conseguiu 60,83% (58.295.042 de votos).

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

FAKE NEWS: VÍDEO DE HADDAD DIZENDO QUE LULA VAI SUBIR A RAMPA DO PALÁCIO EM JANEIRO NÃO É DE HOJE

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra o candidato à Presidência, Fernando Haddad (PT), dizendo que Lula vai subir a rampa do Palácio do Planalto junto com ele em 1º de janeiro de 2019. O presidenciável esteve com o ex-presidente nesta segunda-feira (8/10), dia de visita na prisão em Curitiba, mas o vídeo não foi gravado nesta oportunidade.

Haddad fez o comentário em 6 de agosto, quando ainda não era candidato oficial pelo Partido dos Trabalhadores.

 Siga o Linha de Frente no Twitter: @linhadefrenteba

BOLSONARO x HADDAD NO SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES 2018

O deputado Jair Messias Bolsonaro (PSL) vai enfrentar o petista Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições 2018. De acordo com as 95% urnas apuradas, o militar teve 46,79%, contra 28,26% do ex-prefeito de São Paulo.

O liberal dominou a votação em todas as regiões do país, menos no Nordeste, onde o petista obteve mais votos que seu adversário. O segundo turno acontece no dia 28 de outubro.

Acompanhe cobertura do Linha de Frente no Twitter:

LULA COMPLETA SEIS MESES NA PRISÃO E ASSISTE DIA DE VOTAÇÃO PELA TV

Sozinho numa sala de 15m², o ex-presidente Lula acompanhou o dia de votação para presidente pela TV da prisão onde está desde o dia 7 de abril deste ano. Neste domingo (7/10), portanto, o petista completa seis meses trancado na cela localizada na sede da Polícia Federal, em Curitiba, após ser condenado a 12 anos e um mês de prisão pela Operação Lava Jato, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Agora, passado horário de votação, Lula torce, pelo menos, pela ida de Fernando Haddad (PT) para o segundo turno, concorrendo contra o deputado Jair Bolsonaro (PSL). O petista pediu à Justiça Eleitoral o direito de votar na prisão, mas não houve autorização, por falta de condições necessárias.

Siga o Linha de Frente no Twitter: @linhadefrenteba

COLOCA O LULA POR PRECAUÇÃO

Às vezes no silêncio de uma tarde pré eleições, tem candidato aproveitando para fazer divulgação do seu número e ajudar os amigos nas redes sociais, sem se preocupar com a lei de crime eleitoral. É o caso do postulante ao cargo de deputado federal, Caetano (PT), que divulgou peça gráfica, nesta sexta-feira (5/10), onde o nome do ex-presidente Lula aparece ao lado do presidenciável Fernando Haddad.

Em contato com o Linha de Frente, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) afirmou que a divulgação não é legal, seguindo “o Art. 323 do Código Eleitoral que determina que a divulgação de fatos inverídicos em relação a partidos ou candidatos, que sejam capazes de exercer influência perante o eleitorado, configura crime eleitoral, sujeito à pena de detenção ou multa”.

A assessoria do candidato também foi procurada pelo Linha de Frente e argumentou dizendo que não havia problema algum a presença de Lula nos chamados “santinhos”, já que ele aparece acompanhado por Haddad. A publicação, no entanto, foi excluída logo em seguida, “por precaução”.

O órgão orientou, ainda, como o eleitor deve se comportar nesses casos. “Basta acessar o aplicativo Pardal, do TSE, e fazer a denúncia”. Na plataforma é possível denunciar 12 tipos de crimes eleitorais, entre eles “material gráfico”.

 

Siga o Linha de Frente no Twitter: @linhadefrente

Lula sobre delação de Palocci: “pode prejudicar muita gente, menos eu”; veja vídeo

Em abril de 2017, ainda sem sequer ser acusado pela justiça e sem prever as consequências da LavaJato na própria vida, Lula chegou a dizer que não tinha qualquer temor a respeito da até então remota possibilidade de uma delação premiada do ex-ministro do PT, Antonio Palocci.

“Eu não tenho preocupação com nenhuma delação. O Palocci é meu companheiro de 30 anos, é fundador do PT, foi meu ministro da fazenda, foi ministro da casa civil da Dilma, é uma das figuras mais inteligentes desse país. Se o Palocci acha que deve fazer delação e contar alguma coisa, o Palocci é maior de idade. Eu tenho certeza absoluta que o Palocci não fazer delação, se fizer delação ele pode contar tudo o que ele souber, tenho certeza que pode prejudicar muita gente, menos eu”.

As declarações foram dadas em entrevista à rádio Guaíba FM, de Porto Alegre, em 28 de abril do ano passado, dia de uma greve geral convocada por centrais sindicais e por movimentos sociais.

Clique e assista trecho da entrevista:

Na última terça-feira (2), o juiz Sérgio Moro retirou parte do sigilo de um trecho da delação de Palocci. Os principais pontos atingem diretamente o ex-presidente:

– Ele diz que Lula da Silva indicou Paulo Roberto Costa como diretor da Petrobras para “garantir ilicitudes” na estatal;

– Afirma que Lula foi mentor da utilização da descoberta do pré-sal como forma de angariar fundos que totalizaram até R$ 1,4 bilhão para utilização nas duas campanhas de Dilma Roussef à Presidência. Os valores informados à Justiça Eleitoral totalizavam R$503 milhões;

– Palocci garante que pelo menos 900 das mil medidas provisórias editadas nos quatro governos do PT envolveram propina.

Logo na sequência, a defesa do ex-presidente afirmou que “Palocci mentiu mais uma vez, sem apresentar nenhuma prova”. Os advogados colocaram em suspeição a decisão de Moro que “apenas reforça o caráter político dos processos e da condenação injusta imposta ao ex-presidente” e que “tem o nítido objetivo de tentar causar efeitos políticos para Lula e seus aliados”.

A entrevista concedida há um ano e meio foi, à época, transmitida ao vivo pela equipe do ex-presidente. A equipe do Linha de Frente procurou os pontos relacionados ao depoimento ao juiz Sérgio Moro, que seria concedido algumas semanas depois, no dia 10 de maio.

“Eu vou prestar o meu depoimento no dia 10, porque tenho a convicção de que sairei desse processo inocentado, porque sou acusado de uma série de mentiras contadas pelo Ministério Público e pela Polícia Federal. Quem vai fazer o julgamento disso é o juiz Moro e eu espero que no depoimento possam ser feitas as perguntas pertinentes para que eu possa responder as coisas que eu quero falar”.

“Acho que o Moro cumpre a tarefa dele, eu cumpro minha tarefa. Eu tenho uma divergência muito grande com a Lava Jato porque antes dela julgar, ela quer condenar as pessoas pelo massacre da mídia. O estado de direito democrático tem que ser respeitado, as pessoas têm que ter o direito à defesa em qualquer circunstância.”

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

LULA É HADDAD, HADDAD É LULA, PT É HADDAD, LULA É PT, LULA É LULA E HADDAD É HADDAD

A campanha de Fernando Haddad (PT) para a Presidência da República tem sido questionada por eleitores nas mais diversas capitais do Brasil. Na última quarta-feira (26/9), a hashtag que estava em primeiro lugar nos trends topics do Twitter, até o início da tarde, foi #HaddadAmarelou, em referência à desistência do candidato de participar do debate promovido pela rádio Jovem Pan.

Na aba “Moments”, os internautas questionaram também a presença de Lula ao lado de Haddad nos santinhos que têm circulado não só na Bahia, como já publicado pelo Linha de Frente. A campanha do petista, que assumiu o lugar de Lula na corrida eleitoral, tem uma estrutura baseada na imagem do ex-presidente, o que já lhe rendeu apelidos e ofensas por parte dos concorrentes.

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o documento com as propostas registradas por Lula e Haddad têm só a capa de diferença. Como era de se esperar, as proposições são exatamente as mesmas.

Siga-nos pelo twitter: @linhadefrenteba

LULA SANTINHO E O DESRESPEITO À LEI ELEITORAL

O ex-presidente Lula está preso por corrupção e lavagem de dinheiro há mais de cinco meses, inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa, mas aqui na Bahia a candidatura proibida segue firme e forte no santinho de vários candidatos da coligação liderada pelo PT.

A turma que busca uma vaga na Câmara dos Deputados ou na Assembleia Legislativa continua espalhando material de campanha com o nome de Lula como o candidato à presidência, sem se preocupar com a lei eleitoral e sem dar muita bola para Fernando Haddad, o verdadeiro presidenciável do partido.

HADDAD IMITA LULA: MILITANTES APLAUDEM; veja vídeo

Um improviso de Fernando Haddad durante ato de campanha no início da noite desta terça, em Florianópolis, vai ser fartamente usado pela campanha petista.

Enquanto relatava um suposto diálogo com o ex-presidente, o ex-ministro resolveu imitar a voz rouca de Lula: “Companheiro Haddad…” A dublagem motivou gritos e aplausos da militância. O candidato continuou: “vai lá, e ganha essa eleição pra mim”.

Clique e assista ao vídeo:

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

© 2018 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA