ISIDÓRIO E JOSÉ AUGUSTO: UMA MÚSICA EM COMUM

O deputado federal bem mais votado da Bahia tem um ponto, ou pelo menos uma música, em comum com o cantor romântico José Augusto.

“Isso é uma outra etapa. O patrão abaixo de Deus é o povo […] Quem quer ser prefeito não pode querer maquiar os locais mais nobres. Se o próximo prefeito for aquele que vai olhar para quem passou muito tempo esquecido vai conseguir o cargo. Não vou dizer que não, se o povo chamar eu vou”, disse o evangélico ao ser questionado se quer ser candidato a prefeito de Salvador.

A frase destacada é parecida com a do cantor romântico, na música “Sonho Por Sonho”. “Eu não tenho tempo a perder com a solidão, na hora em que você me quiser, eu vou […]”.

PACOTÃO DE RUI E A TRATORADA DE NETO

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), comentou a aprovação do chamado “Pacotão de Rui” na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na última quarta-feira (12/12). “O governador colocou sua tropa de choque para passar por cima do debate e suprimir os direitos dos servidores, fazendo uma votação tratorada”, disse o chefe do Executivo municipal durante o evento FNDE em Ação, na sede da União dos Prefeitos da Bahia (UPB).

Sobre a saída da oposição do Plenário Orlando Spíndola pouco antes do início da votação, Neto classificou como um “protesto claro e duro”. “Não estava no momento, tenho que confiar no juízo feito pelos deputados da oposição, de que foi a melhor estratégia, em função da necessidade que eles perceberam, de fazer um protesto claro e duro”, completou.

Para Neto, seria mais “correto, decente e digno” que a situação das contas do Estado fosse revelada durante a campanha eleitoral. “Ele está entrando com o pé direito no governo, traindo a confiança do eleitor, que saberá fazer juízo correto disso, acredito eu”.

A reforma administrativa prevê a redução de cargos comissionados e a extinção de órgãos, como a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e empresas públicas, além do aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos de 12% para 14%. Com a medida, o governo vai economizar R$ 400 milhões em 2019.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

“PÉ NA ESCOLA” GARANTIDO EM 2019

Com a presença de professores lotando o Plenário Cosme de Farias, os vereadores da Câmara Municipal de Salvador aprovaram o projeto “Pé na Escola”, que, em parceria com instituições privadas de ensino, prevê ofertar cerca de 10 mil vagas para crianças em idade pré-escolar (4 e 5 anos) que não conseguirem vaga na rede pública municipal.

Por 26 votos a 8, a maioria dos parlamentares deu parecer favorável ao projeto. O investimento inicial previsto para o programa é de R$30 milhões, com recursos 100% municipais. As instituições selecionadas deverão funcionar em locais onde não há vagas ofertadas pela prefeitura, seja através da rede própria ou por meio de convênio.

A aprovação da matéria gerou muito debate entre os vereadores. Enquanto os governistas defendiam a ampliação de vagas para o Ensino Infantil, oposicionistas cobravam que os educadores de Salvador fossem ouvidos para aprimoramento da matéria.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

TINOCO DE VOLTA À CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR APÓS SURTO DE VADO

Foi publicado, nesta segunda-feira (10/12), a exoneração do ex-secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco (DEM), que volta a ocupar uma cadeira na Câmara de Vereadores após surto psicótico do seu suplente, Vado Malassombrado (DEM). A saída de Tinoco foi publicada na edição do último Diário Oficial.

Quem assume a pasta é o subsecretário Cristian Cardoso de Souza, que permanecerá até que o titular possa votar projetos importantes do Executivo na casa do Legislativo, e volte para a secretaria. Tinoco, portanto, não participa da coletiva sobre o Festival da Virada, na próxima terça-feira (11/12).

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

HASHTAG CHATEADO

A inauguração do Hotel Fasano, localizado no Centro Histórico de Salvador, na última quinta-feira (6/12), reuniu dois lados opostos da política baiana: o prefeito ACM Neto (DEM) e o governador Rui Costa (PT). Apesar da tradicional troca de farpas e das últimas semanas terem sido marcadas por acusações, o clima da inauguração não foi afetado.

Nas redes sociais, no entanto, o governador publicou fotos ao lado do prefeito demonstrando o clima de descontração na ocasião. Neto, porém, não deu qualquer pista da presença do petista no evento.

 

Na última semana, o cacique do Democratas afirmou que Rui praticou “estelionato eleitoral” e que “o tempo vai mostrar isso”. Rui Costa, no entanto, foi sucinto na resposta: “me deixe trabalhar”.

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

BRUNO REIS “SEGUINDO O PAÇO” MUNICIPAL DE ACM NETO

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), foi o responsável por assinar ordens de serviços em Salvador durante esta semana. Isto porque o chefe do executivo municipal estava cuidando da divulgação do Festival da Virada 2019, que aconteceu em São Paulo na última quarta-feira (17/10).

Em uma semana, Bruno entrou no Paço Municipal com tudo e visitou várias obras em andamento na capital baiana. Na terça-feira (16/10), o vice de Neto autorizou obras de contenção de encostas nos bairros do Pau Miúdo e Marechal Rondon. Na oportunidade, Bruno liberou  o início da aplicação de geomantas nas contenções de encostas.

No dia seguinte, o vice prefeito entregou a Praça da Saramandaia, no Largo Euclides da Cunha, no bairro da Saramandaia. E, no final da semana, deu ordem de serviço para aplicação de geomanta na rua Nova Eugênio Ribeiro, no Doron.

Bruno é o principal nome para assumir a prefeitura de Salvador quando o mandado de Neto terminar, nas próximas eleições municipais, em 2020.

Siga o Linha de Frente no Twitter: @linhadefrenteba

#ELENÃO, O COISO, BOZONARO

Ainda não há consenso sobre a quantidade de participantes da marcha contra Jair Bolsonaro realizada pelos chamados militantes de esquerda, em Salvador, na tarde deste sábado (29). Os mais otimistas falam em 10 mil pessoas, enquanto aqueles que tentam minimizar sustentam que não passaram de 1,5 mil.

Em faixas e em gritos de ordem e trocadilhos, todos evitavam citar o nome do candidato do PSL, líder nas pesquisas para a Presidência da República. Além da hashtag #elenão, citavam “o coiso” e “bozonaro”. Grande parte usava camisas vermelhas ou alusivas a candidatos do PT, PC do B e PSOL.

Em cada dez participantes, pelo menos sete eram mulheres. O cortejo rodou pelo Campo Grande, liderado por um mini trio onde a cantora Daniela Mercury passou cerca de uma hora, e desceu o Corredor da Vitória em direção ao Farol da Barra.

Clique abaixo e assista a transmissão de parte do evento:

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

DEBATE ENTRE CANDIDATOS A DEPUTADO FEDERAL PROMOVIDO PELO LINHA DE FRENTE

O debate entre os candidatos a deputado federal pela Bahia, promovido pelo Linha de Frente, na última terça-feira (25/9) promoveu grandes discussões sobre a questão de gênero, segurança pública, educação, saúde e, claro, sobre a política nacional. Quem participou foram os postulantes: Da Luz (PRTB), Kátia Alves (DEM), Laina Crisóstomo (Psol), Priscila Chammas (Novo) e Zé Neto (PT). O candidato Sargento Isidório (Avante), que também foi convidado para a roda de conversa, cancelou presença horas antes do início do debate.

Nesta quinta-feira (27/9) é a vez dos candidatos a deputado estadual participarem da roda de conversa promovido pelo Linha de Frente. Mais uma produção para somar as mais de 70 horas de cobertura da política local e nacional, em parceria com a Folha de S. Paulo.

Confira na íntegra: 

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

VAI DE “ZAP”? A CAMPANHA ELEITORAL DO GALEGO

O candidato ao Senado e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), recorreu ao WhatsApp como um canal para ficar mais próximo dos seus potenciais eleitores. Logo no primeiro contato, a equipe responsável por movimentar o canal pede autorização para adicionar o número do eleitor à base de notícias da campanha de Wagner, pergunta o nome completo e a cidade onde o cidadão mora. A questão é que, diferente do sucessor e colega de sigla, Rui Costa, o meio de comunicação do “Galego”, não trabalha com correria. Em três dias de teste, nenhum material foi disponibilizado, apesar da extensa agenda de campanha do candidato a senador, ao lado do atual governador da Bahia e o também candidato ao Senado, Ângelo Coronel (PSD).

Siga o @LinhadeFrenteBA no Twitter

MUDANÇA DE PAÇO: veja os vereadores que querem deixar a CMS após eleições 2018

Dezesseis dos 43 vereadores de Salvador vão tentar uma vaga como deputado estadual ou federal nas eleições deste ano. Oito nomes querem trocar a Câmara Municipal de Salvador (CMS) pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). São eles: Aladilce (PCdoB), Alexandre Aleluia (DEM), Hilton Coelho (PSOL), Leo Prates (DEM), Maurício Trindade (DEM), Sabá (PV), Paulo Câmara (PSDB) e Tiago Correia (PSDB).

Quem quer trocar Salvador por Brasília são os vereadores Ana Rita Tavares (PMB), Cezar Leite (PSDB), Igor Kannário (PHS), Joceval Rodrigues (PPS), Marcelle Moraes (PV), Odiosvaldo Vigas (PDT), Palhinha (DEM) e Vado (DEM).

Em 2016, quando foram eleitos na capital baiana, os vereadores declararam seus respectivos bens no TSE. Nos últimos dias, precisaram refazer o procedimento para validar suas respectivas candidaturas nas eleições 2018. Em pouco menos de dois anos, alguns políticos, inclusive, dobraram o valor do patrimônio após integrar a 18ª legislatura (2017-2020).

Aladilce, que iniciou a campanha como vereadora com  mais de R$ 120 mil, agora acumula mais de R$ 181 mil. Tendo um aumento de mais de R$ 61 mil.

Alexandre Aleluia aumentou o valor de seus bens em mais de R$ 35 mil.

Leo Prates aumentou em mais de R$ 158 mil o seu patrimônio.

Sabá teve mais de R$ 142 mil aumentados no valor dos bens desde 2016.

Paulo Câmara aumentou o valor de seus bens em mais de R$ 159 mil.

Tiago Correia aumentou em mais de R$ 545 mil o seu patrimônio.

Cezar Leite passou de R$ 706 mil para mais de R$ 867 mil.

Joceval Rodrigues deu um “up” nos bens acumulando mais de R$ 199 mil desde que foi eleito vereador de Salvador.

Marcelle Moraes aumentou em R$ 131 mil seu patrimônio.

Odiosvaldo Vigas teve mais de R$ 883 mil aumentados no valor dos bens.

Indo contra a maré, os vereadores Hilton Coelho e Maurício Trindade, de 2016 a 2018, tiveram o valor dos bens reduzido, segundo registro no site do TSE. Hilton tinha R$ 126 mil quando concorreu ao cargo de vereador de Salvador e hoje possui R$ 103 mil. Trindade, por sua vez, começou o mandato na CMS com mais de R$ 1 mi, mas registrou candidatura em 2018 com R$ 585 mil.

Bens de Hilton Coelho em 2016

 

Bens de Hilton Coelho em 2018

 

Bens de Maurício Trindade em 2016

 

Bens de Maurício Trindade em 2018

Os candidatos Ana Rita Tavares, Igor Kannario, Palhinha e Vado ainda não protocolaram o detalhamento dos bens.

Siga o @LinhadeFrenteBA no Twitter

© 2019 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA