Ações de combate contra aedes aegypti são intensificadas em Salvador

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação

O aumento da temperatura e os dias intercalados de sol e chuva, já no período da Primavera, podem ser algo bem preocupante quando o assunto é a proliferação dos focos do Aedes aegypti. O clima quente e úmido é ideal para reprodução do mosquito, que pode provocar a dengue, chikungunya e zika. A Prefeitura, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), pretende intensificar as ações no final deste mês. As visitas do “Plano Verão” se estendem durante toda a alta estação e só terminam no Carnaval.

A Prefeitura faz um trabalho rigoroso o ano todo, com 1,7 mil agentes em visita a domicílios e comércios espalhados por toda a cidade. No entanto, de outubro a março, esse fluxo de atividades aumenta. Entre as medidas mais importantes está a realização do Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), que está em andamento e deve ficar pronto no final deste mês.

 O LIRAa vai pontuar as áreas da cidade com maior índice de infestação. Munida com tais informações, a Prefeitura dará início ao “Plano Verão”, que realiza os tradicionais “faxinaços” para eliminar focos e criadouros dos vetores.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003