Acusado de seduzir menina de cinco anos tem prisão preventiva decretada

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação/Polícia Civil

O inquérito sobre a prisão e o indiciamento do promotor de vendas Wesley dos Santos Pereira, de 30 anos, foi encaminhado à justiça nesta sexta-feira (20). O delegado Joelson Reis, titular da 23ª Delegacia Territorial (DT/Lauro de Freitas) reiterou o pedido de prisão preventiva do pedófilo.

Segundo Joelson Reis, a Justiça já acatou a denúncia contra Wesley e em virtude disso reverteu sua prisão temporária em preventiva. Custodiado na carceragem da 12ª DT/Itapuã, o criminoso será conduzido ao sistema prisional. Wesley foi preso no dia 12 deste mês, depois que os pais de uma menina denunciaram que ele vinha assediando, por telefone, a filha do casal, de apenas 5 anos.

Na delegacia, o pedófilo disse ter ligado, utilizando o próprio celular no modo restrito, para um número de telefone aleatório e esperava que uma mulher atendesse para que ele pudesse flertar. Quando a criança atendeu o telefone, ele afirmou ter considerado sua voz atraente e decidiu iniciar as conversas.