Adolescentes baianos estão desprotegidos contra o HPV; saiba como se vacinar

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Andreia Verdélio – Agência Brasil

O número de crianças e adolescentes baianos imunizados contra o vírus do papiloma humano (HPV) está abaixo do esperado, apenas 9,8% dos meninos e 31,8% das meninas estão protegidos com a segunda dose da vacina, de acordo com o Ministério da Saúde (MS).
O MS circula uma campanha nacional de mobilização contra o vírus desde a última terça (4/9). Na Bahia, a expectativa é de vacinar 925,8 mil meninas e 892,4 mil meninos, de 11 a 14 anos. Para se vacinar, é necessário ir a um posto de saúde com identidade e cartão de vacinação.
A vacina protege contra vários tipos de cânceres, como o câncer do colo do útero, boca, garganta e anal, mas a imunização só é completa com as duas doses da vacina, em um intervalo de 6 meses.

LEIA MAIS: Confira vagas de emprego e estágio oferecidas para Salvador nesta terça-feira

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no  facebook.com/aratuonline