AO TRABALHO: Após recesso, Câmara retoma atividades; Veja propostas apresentadas pelos vereadores

Fonte: Da Redação

Crédito da Foto: Reprodução

As atividades na Câmara Municipal de Salvador foram retomadas nesta quinta-feira (2/2), após recesso parlamentar. A tradicional cerimônia foi comandada pelo atual presidente da Casa, o vereador Leo Prates (DEM) e teve a presença do prefeito ACM Neto (DEM). Neste ano, a casa conta com o orçamento de R$ 160 milhões.

Dos 43 vereadores eleitos, 28 renovaram o mandato na última eleição. Doze, do total, assumem pela primeira vez e três retornaram à Casa. O governo tem o apoio de 32 aliados, sendo dez da oposição e um que se declara ‘neutro’.

O prefeito aproveitou a cerimônia para anunciar o nome do novo líder de governo na Casa. Trata-se do vereador Henrique Carballal (PV), substituto de Joceval Rodrigues, eleito no início do ano para assumir a cadeira de 2º secretário da nova Mesa Diretora. A oposição é liderada pelo vereador José Trindade (PSL).

Em seu discurso, o prefeito salientou a importância de ter o apoio da Câmara para que os trabalhos ‘andem’.

Já Leo Prates, aparentemente emocionado, se disse orgulhoso de presidir a casa. Prates revelou que, ainda durante o recesso, 69 propostas foram apresentadas pelos vereadores eleitos e informou que na próxima semana será criado o colegiado das comissões, proposta dada pela vereadora Marta Rodrigues (PT), uma de suas concorrentes à presidente da CMS. O discurso do presidente foi concluído ao mencionar o aumento no número de mulheres compondo a casa, somando oito agora.

A reabertura oficial dos trabalhos na Câmara de Salvador, as sessões ordinárias voltarão a ser realizadas de segunda a quarta-feira, a partir das 15h, além do retorno das audiências públicas, sessões solenes e especiais, que também serão retomadas neste mês.

Os vereadores apresentaram um total de 69 propostas até a última quarta-feira (25/1) e já iniciaram os debates sobre assuntos de interesse da cidade, como ‘Escola sem partido’, de Alexandre Aleluia (DEM), ‘Escola Livre’, de Marta Rodrigues (PT), e ‘Regulamentação do Uber’, de Maurício Trindade (DEM). Do total de matérias apresentadas, foram protocolados 30 projetos de lei, 35 indicações ao Poder Executivo, além de quatro projetos de resolução.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline.