Ataques contra civis são inaceitáveis, diz responsável da ONU

Fonte: Da AFP

Crédito da Foto: Divulgação

O Coordenador de Assuntos Humanitários da ONU, Stephen O’Brien, disse nesta segunda-feira que os “ataques indiscriminados” contra civis em Damasco e sua região são inaceitáveis.

“Estes ataques indiscriminados são inaceitáveis e devemos fazer todo o possível para proteger os civis inocentes”, declarou O’Brien ao concluir uma visita de três dias à Síria.

Mais de 50 civis morreram no domingo e dezenas ficaram feridos após bombardeios contra a localidade insurgente de Duma e disparos de foguetes de rebeldes contra Damasco.

O’Brien expressou “sua pena por estes bombardeios que atingiram uma escola em Duma”, na Ghuta Oriental. Também falou sobre a morte de um menino em Damasco por um disparo de morteiro.

“Isto nos lembra tragicamente que devemos encontrar urgentemente uma solução política e estabelecer um cessar-fogo” na Síria, onde 250.000 pessoas morreram desde o início do conflito, em março de 2011.

“Convoco todos os partidos a respeitar as leis humanitárias internacionais”, acrescentou O’Brien.

Durante sua estadia na Síria, ele visitou os habitantes do bairro Waer em Homs (centro), onde os insurgentes e o regime acordaram um cessar-fogo, e se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, Walid Muallem.

O’Brien indicou que a ONU pôde entregar ajuda humanitária.

Além disso, afirmou que é inaceitável que cerca de três quartos dos seis milhões de deslocados sírios não tenham acesso à água potável e que dois milhões de crianças não frequentem a escola.