BAHIA: Novas espécies de anfíbios são descobertas em Ilhéus e agregam bioma da Mata Atlântica

Fonte: Da redação

BAHIA: Novas espécies de anfíbios são descobertas em Ilhéus e agregam bioma da Mata Atlântica

Crédito da Foto: Reprodução

Duas novas espécies de pererecas foram descobertas por cientistas em Ilhéus, na Bahia, e trazem esperança ao bioma mais ameaçado do Brasil – a Mata Atlântica. A primeira, batizada de Phyllodytes megatympanum, tem apenas dois centímetros e grandes tímpanos. A segunda foi chamada de Dendropsophus nekronastes, possui uma cabeça pontiaguda, diferente da dos outros anfíbios do mesmo grupo. cientistas apoiados pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

O primeiro anfíbio foi encontrado pelo som que emite, como explicou o coordenador técnico do projeto Diversidade e Estrutura Genética dos Anfíbios do Corredor Central da Mata Atlântica do Sul da Bahia, Mirco Solé. “Suspeitávamos que as bromélias poderiam esconder uma nova espécie, pois escutamos um canto e não conseguimos associá-lo a nenhuma já conhecida”, disse. Já o segundo foi descoberto próximo ao cemitério da cidade, e por isso o nome “nekronastes”, que remete a algo que vive entre os mortos.

Solé acredita que a Phyllodytes megatympanum será classificada pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) como ameaçada, mas com ressalvas pela falta de dados, pois foi descrita há pouco tempo e habita locais de difícil acesso.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, no facebook.com/aratuonline e no youtube.com/televisaoaratu.
*Publicada originalmente às 14h51