BALEADO NA BONOCÔ: Secretária diz que sindicância vai apurar tiro disparado por Guarda Municipal

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/Twitter

A secretária de Ordem Pública, Rosemma Maluf, disse nesta terça-feira (17/5) que aguarda a emissão do boletim de ocorrência emitido pela Polícia Civil para abertura de sindicância para apurar o caso do guarda municipal que disparou contra um gari que furou a Blitz da Lei Seca durante a madrugada.

SAIBA MAIS: AVENIDA BONOCÔ: Jovem é baleado após tentar furar blitz da Guarda Municipal

Por conta do ocorrido, garis paralisaram as atividades, mas a coleta já foi retomada em toda a cidade, após acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública do Estado da Bahia (Sindilimp-BA). O diretor da Limpurb, Kaio Moraes, estima que a coleta tenha sido prejudicada em 60% da cidade ao longo da paralisação, mas haverá reforço nas próximas horas para que a situação seja normalizada no menor tempo possível.

Pela manhã, a Guarda Municipal enviou nota à imprensa esclarecendo o ocorrido e disse que “foi solicitado ao condutor da moto que trafegava em alta velocidade que parasse na blitz, o que não ocorreu. O condutor, além de desacatar a ordem, acelerou ainda mais o veículo em direção aos agentes, passando pelas guarnições a mais de 90km/h, fato confirmado inclusive pelo carona, que estava sem capacete”.

O órgão relatou ainda que “diante da ameaça à vida dos servidores envolvidos na operação, foi efetuado um disparo de alerta e um segundo visando conter o motociclista que conduzia o veículo de forma descontrolada em direção aos agentes que estavam à frente. Mesmo após ser atingido pelo disparo, o condutor da moto continuou em fuga, sendo localizado por outra guarnição da Guarda Municipal em um acostamento com um ferimento no braço esquerdo, sendo prontamente encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE)”.