Salvador registra primeiro ataque a policial em 2016; Nos últimos dois anos 47 foram mortos no estado (confira fotos e infográfico)

Fonte: André Uzêda

Crédito da Foto: Marcas de sangue do policial Rafael Nascimento Brezolli, baleado na porta de casa, no Candeal/Fotos: César Irará

Em 10 dias de 2016 são 58 homicídios em Salvador e Região Metropolitana.

Não bastasse a média de quase seis assassinatos por dia — em números oficiais da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) — o assombro se espalha com um novo episódio ocorrido na noite desta segunda-feira (11/1): um policial militar foi baleado na porta de casa, no bairro do Candeal, em Salvador.

Rafael Nascimento Brezolli estava ao lado da esposa quando foi cercado por quatro criminosos. Bolsa, celulares e documentos foram roubados. Em uma das versões, apurada pelo Aratu Online, os bandidos teriam notado a arma em porte de Rafael e dispararam contra ele.

LEIA TAMBÉM: Dez primeiros dias de 2016 apresentam alta média de homicídios em Salvador e RMS

O policial foi atingido no tórax e na boca. E a arma, além do distintivo, levados pelos bandidos.

Rua onde o policial miliar Rafael Nascimento Brezolli foi baleado por quatro criminosos

Rua onde o policial miliar Rafael Nascimento Brezolli foi baleado por quatro criminosos.

Uma guarnição da 26ª CIPM foi acionada e socorreu a vítima, encaminhando-o inicialmente para o Hospital Geral do Estado e, posteriormente, para o Hospital da Cidade, na Caixa D’água.

Em nota, a Polícia Militar informou que Rafael já passou por procedimentos cirúrgicos e, até o momento, apresenta “quadro de saúde estável”.

Fachada do prédio do policial militar Rafael Nascimento Brezolli. Ele foi baleado na porta de casa

Fachada do prédio do policial militar Rafael Nascimento Brezolli. Ele foi baleado na porta de casa.

Em 2015, 21 policiais militares foram assassinados no estado da Bahia. Deste total, quatro deles estavam em serviço no momento do crime. Em 2014, o número foi de 26 mortos, sendo dois em serviço (veja infográfico abaixo).

MORTES POLICIAIS

Nestor Carrera/Editoria de Arte Aratu Online