BARRO BRANCO: Após deslizamento, Prefeitura afirma que 60% das obras na comunidade já foram finalizadas

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Manu Dias/GOVBA

Após mais um deslizamento de terra assustar os moradores do Barro Branco na madrugada desta quarta-feira (4/5), a prefeitura de Salvador veio a público para pontuar o que já foi feito na comunidade para evitar tragédias como a de abril do ano passado. De acordo com os dados oficiais, 60% das obras de contenção de encostas já foram finalizadas. O investimento é de R$ 8 milhões.

“Houve uma infiltração no talude, fazendo com que um maciço de terra se deslocasse atingindo uma rede de água e provocando o deslizamento. As obras de contenção da encosta avançam em ritmo acelerado, mas, infelizmente, a área atingida ainda não havia recebido a cobertura de cortina atirantada, que já compõe 130 metros da encosta. As ações serão finalizadas até outubro”, disse o diretor-geral da Codesal, Álvaro Silveira Filho.

Os órgãos oficiais estudam remover famílias, que vão receber benefícios sociais, e ações para prestar outros auxílios imediatos aos moradores da área, além de realizar a limpeza e reparos emergências nos locais atingidos.

“Com o movimento de terra, houve um descalçamento das bases de várias residências. Ainda não podemos avaliar o quanto foi atingido. Por conta disso, solicitamos nova inspeção para tomarmos uma providência definitiva, bem como efetuar a evacuação dos imóveis condenados”, explicou Filho.

Segundo ele, uma avaliação prévia foi realizada pelos engenheiros da pasta, pela manhã, mas ainda não há um número exato das casas atingidas e de famílias que devem ser remanejadas pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps).

Em relação às famílias afetadas, a Semps anunciou que já enviou uma equipe à localidade para cadastramento no Aluguel Social. Aquelas que receberem notificação da Defesa Civil (Codesal), para sair das residências, serão encaminhadas para realização de cadastro socioeconômico e recebimento do benefício.

“Existem famílias que recebem o benefício desde maio de 2015, sem atrasos e de forma ininterrupta. Essa é uma prioridade da atual gestão”, disse o secretário da pasta, Bruno Reis.

Ações – Segundo a assessoria da Prefeitura de Salvador, entre os serviços realizados no local constam ainda pavimentação de ruas e reforma de casas pelo programa Morar Melhor, nas áreas em que não há risco de deslizamento ou desabamento de estruturas.

Além disso, para que sejam concluídas as obras de contenção da encosta, 15 famílias serão indenizadas por desapropriação dos seus imóveis, sendo que sete delas já chegaram a um acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz).

A Prefeitura também aguarda o envio de recursos federais para garantir melhorar as condições de moradia das famílias que residiam ou ainda vivem em situação de risco no Barro Branco, principalmente para poder selecionar um maior número delas para o programa Minha Casa, Minha Vida.