Brasileiro do tênis de mesa levou 26 pontos no braço antes de ganhar o ouro

Fonte: Portal UOL

Crédito da Foto: Reprodução Facebook

Gustavo Tsuboi teve um elemento a mais para se superar na final por equipes do tênis de mesa nos Jogos Pan-Americanos. Isso porque o brasileiro se machucou dias antes e precisou jogar com 26 pontos no braço esquerdo. Curiosamente, o mesmo número de pontos feitos pelos paraguaios Axel Gavilan e Marcel Aguirre, na vitória do Brasil por 3 a 0, parciais de 13/11, 12/10 e 11/5. Tsuboi atuou ao lado de Hugo Calderano.

As fortes imagens do machucado foram postadas pelo próprio Tsuboi em sua página no Facebook. “Foi o box que estava emperrado e estourou tudo”, escreveu o brasileiro, seguido de uma foto da porta de vidro do banheiro estilhaçada.

tenis ferimento

Foto: Reprodução Facebook

A lesão aconteceu na ESEFEX, a escola de educação física do exército, no Rio de Janeiro. A equipe de tênis de mesa se preparou no local antes de viajar para a disputa dos Jogos Pan-Americnaos.

“No início, eu fiquei bem preocupado. Achei que ia ficar de fora do Pan, o braço sangrou muito. Fiquei tão em choque que nem senti a dor. A preocupação mesmo era ficar de fora dos Jogos”, explicou Tsuboi.

“A sorte é que o corte foi superficial, só cortou a pele. Se tivesse cortado algum tendão, algum nervo, seria complicado, ficaria fora dos treinos por uns quatro, cinco meses”, continuou. “Depois que tomei os pontos, o braço ficou bastante dolorido. Não conseguia movimentar os dedos, ficava com receio. Só depois de uns cinco, seis dias que comecei a ter mobilidade e bater uma bolinha bem de leve”.

Um dia antes da estreia por equipes, no entanto, Tsuboi diz que já conseguia mover o braço normalmente. “Por ser no braço esquerdo, poderia causar um pouco de desconfiança, um receio de jogar uma bola mais agressiva. Mas na hora do jogo, a emoção era tão grande que nem procurei pensar nisso”.

Essa não é a primeira vez que Tsuboi tem problemas antes de uma edição dos Jogos Pan-Americanos. Em 2011, em Guadalajara, o brasileiro sofreu com uma virose e precisou receber soro na veia.

Campeão por equipes, Tsuboi inicia sua participação no torneio individual nesta quarta-feira (22), a partir das 17h, horário de Brasília. Na estreia, ele enfrentará o equatoriano Geovanny Coello.