CAI O “COROA”: Líder de facção criminosa oferece R$ 60 mil para não ser preso em Salvador

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/WhatsApp

O homem apontado como um dos líderes da facção criminosa Bonde do Maluco foi preso em Salvador. Lívio dos Santos Amaral estava a bordo de um veículo na Estrada Velha do Aeroporto junto com outros dos homens quando foi abordado por policiais militares lotados na Operação Apolo, na noite de quarta-feira (15/3).

Agentes da unidade informaram que faziam rondas de rotina na região quando pararam o carro de Lívio, um gol. Com mandado de prisão em aberto por homicídios, ele ofereceu R$ 5 mil para não ser preso. Diante da recusa dos militares, ele foi aumentando a oferta até R$ 60 mil. Porém, o suborno não foi aceito.

LEIA MAIS: DUPLA TENTATIVA: Policial militar é preso após atirar contra madrasta e irmão, que ficou paraplégico

O traficante, responsável pela distribuição das drogas em pelo menos 15 bairros de Salvador, foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo a polícia, Lívio estava em liberdade condicional após ser preso recentemente em Feira de Santana, a 110 km de Salvador.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline.