Camaçari: duas mulheres e 15 homens são presos com armas e drogas em operação

Fonte: da Redação

Crédito da Foto: Ascom PC

Dezessete pessoas foram presas durante a segunda etapa da “Operação Camaçari em Paz”, deflagrada no final de semana no município de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador. A quadrilha desarticulada é responsável por homicídios, tráfico de drogas, roubos, entre outros crimes na região. A ação integrada contou com a participação das polícias Militar e Civil, além da Superintendência de Inteligência da SSP.

Dos 17 presos, os mais perigosos são os homicidas Eric dos Santos Carvalho, Adriel Nunes Santos, Fabrício Araújo Costa, e Igor dos Santos. Eric cumpria pena por tráfico e homicídio no presídio, onde entrou com 18 anos. Após três anos de detenção, progrediu para o regime aberto e, poucas horas depois de ser solto, na quinta-feira (28), foi preso com uma submetralhadora e drogas. A arma seria usada para matar o rival Fabrício, um dos detidos na operação.

Foto: Ascom PC

Foto: Ascom PC

Já Adriel, já tinha mandado de prisão e vinha sendo procurado pela polícia desde 2013, quando, na noite do natal, matou com várias facadas a própria esposa, Maria Quitéria Rodrigues, 30 anos, num crime passional. Com os criminosos foram apreendidos uma submetralhadora, três revólveres calibre 38, farta munição, dois veículos roubados, seis quilos de maconha, meio quilo de cocaína, 214 porções de crack e pequena quantidade de haxixe.

Foto: Ascom PC

Foto: Ascom PC

Operação conjunta
O diretor do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), José Bezerra, destacou a integração total entre as polícias Militar e Civil na operação em Camaçari. “Na primeira fase, prendemos 18 criminosos e nessa outros 17. Daremos continuidade às ações conjuntas naquela região”, informou.