Casa de suspeito de estuprar e matar vizinha é incendiada em Teixeira de Freitas

Fonte: Da Redação

População saqueou e incendiou a casa do suspeito. Foto: reprodução/SulBahiaNews

População saqueou e incendiou a casa do suspeito. Foto: reprodução/SulBahiaNews

A casa de Ismael de Jesus Novaes, 28 anos, suspeito de estuprar e matar a adolescente de 15 anos, Cassiane Lima, encontrada no Rio Itaitinga na cidade de Teixeira de Freitas, sul do estado, foi saqueada e incendiado na tarde desta quinta-feira (04). De acordo com o coordenador regional, Marcus Vinicius Costa, os moradores que colocaram fogo no imóvel não foram identificados.

O  acusado, que era vizinho da vítima, foi preso na última segunda-feira (02). O crime teve motivação sexual, no entanto, Ismael nega que estuprou a jovem.  De acordo com o delegado, o corpo de Cassiane foi deixado por ele em um matagal, próximo a uma plantação de eucalipto, um local ermo a 32 km da cidade.
Ismael, que era vizinho da vítima, foi preso na última segunda-feira (02). Foto: divulgação/Polícia Civil

Ismael, que era vizinho da vítima, foi preso na última segunda-feira (02). Foto: divulgação/Polícia Civil

 O crime foi cometido em um momento que a vítima estava sozinha em casa, por volta das 6h30. “Ele sabia que, costumeiramente, ela ficava só, neste horário, e aproveitou para entrar na casa”, relatou Marcus Vinícius. Apesar da negação de estupro por parte de Ismael, o delegado acredita na motivação sexual.  “Foram coletados vestígios de líquido na vagina da adolescente e encaminhados à Polícia Técnica para serem periciados”, disse.Além disso, reforça essa linha de investigação, o fato de que o criminoso responde a um processo de estupro. Ele teria abusado de uma menina de 13 anos, em 2009, na cidade Prado, localizada na mesma região. Na época, ele disse que a relação teria ocorrida de forma consensual. Ismael deverá ser indiciado por estupro seguido de morte e pelo crime de ocultação de cadáver. Ele está custodiado no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.Há ainda a suspeita que o acusado tenha envolvimento no desaparecimento de uma outra jovem, em 2010, também em Teixeira de Freitas. No entanto, a polícia civil ainda aguarda ser procurada pela família da garota para iniciar as investigações.