Chuva volta a castigar Salvador e causa transtornos

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/Whatsapp

A chuva voltou a castigar Salvador nesta tarde de sexta-feira (10). O acúmulo de água na pista, além da queda de árvores e postes de energia elétrica começam a refletir na mobilidade, conforme informou a Transalvador.

Duas faixas da Luis Eduardo Magalhães foram interditadas devido a um deslizamento de terra e queda de uma árvore, na altura da saída do túnel para acesso à Avenida Paralela. O trânsito no local segue com pontos de retenção.  Na rua da Paz, no bairro da Graça, uma rede de energia elétrica estourou e provocou a queda de uma árvore. Ninguém ficou ferido e a área foi isolada. A queda de um poste complica o trânsito na Avenida Professor Manoel Ribeiro, conhecida como ladeira da Estácio/FIB.

Aratu Online Salvador Chuva volta a castigar Salvador e causa transtornos 1

Árvore caída na Graça (Foto: Marília Senna)

De acordo com o órgão de trânsito, existem pontos de alagamento na região da Avenida ACM, na altura da Rodoviária e do Sam’s Club, e no início da Rótula do Abacaxi.Os dois sentidos da Avenida Bonocô apresentam lentidão, incluindo o trecho da Ladeira da Fonte. Na Avenida São Rafael, no sentido Pau da Lima, o tráfego apresenta retenção desde o viaduto Dona Canô. Na Avenida Paralela o fluxo de veículos não chega causar congestionamento.

Na Cidade Baixa, vias como a rua Luiz Maria e Avenida Fernandes da Cunha e Jequitaia, na região da Calçada, apresenta pontos de acúmulo de água da chuva. Além disso, a Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) interditou a Praça Irmã Dulce, no Largo de Roma, por conta do rompimento de uma rede de água potável e esgoto que compromete a segurança de pedestres com um grande buraco que foi formado no piso. A Embasa, responsável pela correção do problema, já foi acionada e se comprometeu a realizar os reparos ainda nesta sexta-feira (10). Por conta do rompimento, o material está obstruindo a rede de drenagem de águas pluviais. A Guarda Municipal permanece no local para orientar os pedestres a não transitarem pelo local até que o problema seja resolvido.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal), até as 15h16 desta quinta-feira,  já tinha recebido 80 ocorrências. Foram 10 alagamentos de imóvel, 14 ameaças de desabamento de imóvel, uma ameaça de desabamento de muro, 22 ameaças de deslizamento de terra, uma avaliação de imóvel alagado, seis desabamentos de muro, quatro desabamentos parciais, 15 deslizamentos de terra, um galho de árvore caído, três infiltrações de uma pista rompida.

A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo deve permanecer nublado com pancadas de chuva. A temperatura deverá variar entre 23ºC a 28ºC.

Confira as imagens que registram a situação desta tarde de sexta-feira: