Cinco cidades e 34 bairros de Salvador são afetados por rompimento de adutora; veja lista

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/Whatsapp

A Embasa se pronunciou na tarde desta segunda-feira (01) sobre o vazamento provocado pelas obras do metrô de Salvador na adutora principal de água tratada, ocorrido no final da manhã, na BR 324, na altura da Jaqueira do Carneiro. O abastecimento, segundo a empresa, está interrompido nos seguintes bairros:

Bonfim, Ribeira, Caminho de Areia, Massaranduba, Monte Serrat, Boa Viagem, parte do Lobato, Jardim Cruzeiro, Calçada, Mata Escura, Calabetão, São Caetano, Capelinha, Boa Vista de São Caetano, Fazenda Grande, parte da Liberdade, IAPI, Pero Vaz, Largo do Tanque, parte de Santa Mônica, Av. San Martin, Baixinha do Santo Antônio, parte da Av. Barros Reis, Estrada das Barreiras, Engomadeira, Arraial do Retiro, Cabula, Pernambués, Narandiba, Saboeiro, Doron, Tancredo Neves, Novo Horizonte e Sussuarana.

O rompimento também afetou o fornecimento de água para os municípios de Amélia Rodrigues, Coração de Maria, Conceição do Jacuípe e Terra Nova.

Equipes estão no local para restabelecer o fornecimento de água. Nesse período, a Embasa afirmou que priorizará o abastecimento de hospitais, creches e escolas. A CCR, empresa responsável pelas obras do metrô, disse que equipes técnicas de ambas concessionárias vão se reunir, em caráter de urgência, para definir a estratégia de recuperação da adutora e da área no entorno.