Coelba apresenta ações para garantir fornecimento de energia com segurança durante o carnaval

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução

A Coelba recebeu a imprensa na manhã desta quarta-feira (04) para apresentar as ações da empresa para garantir o fornecimento seguro de energia elétrica durante os festejos carnavalescos de 2015. A Coelba divulgou que  investiu R$ 5,1 milhões na Operação Carnaval 2015, conjunto de ações que reúne todos os serviços de manutenção preventiva e melhoramentos na rede elétrica dos circuitos da festa, além de esquema especial de atendimento e cartilha de serviços específica para os órgãos envolvidos na organização do Carnaval. Este ano, a empresa contará com uma novidade: a instalação de 22 sensores de curto-circuito que permitem identificar e localizar, em tempo real e com precisão, possíveis defeitos ou falta de energia nas ruas em que acontece a festa.

O trabalho começou desde outubro do ano passado. A manutenção preventiva foi realizada em 145 km de rede elétrica e foram podadas 3.122 árvores. Para garantir o suprimento de energia para as cargas adicionais dos circuitos de Carnaval, a concessionária instalou 147 novos transformadores, implantou 179 novos postes e construiu cerca de 7 km de rede elétrica. Neste ano, só foi necessário retirar duas travessias de rede elétrica aérea: uma localizada na área de dispersão de trios, na Rua Chile e outra entre o Corredor da Vitória e o Campo Grande. As demais travessias de rede aérea dos trajetos dos desfiles Campo Grande/Avenida7 e Barra/Ondina já haviam sido retiradas nos anos anteriores. O trabalho foi realizado em conjunto com a Prefeitura e, por questões de segurança, transformou em rede subterrânea aquela rede elétrica que atravessava de um lado a outro as ruas principais destes circuitos.

A instalação dos 22 sensores de curto-circuito foi feita na rede elétrica dos circuitos Barra-Ondina e Campo Grande. Estes equipamentos, resultado de um projeto de Pesquisa e Desenvolvimento da equipe de engenharia da Coelba, ficam diretamente ligados ao Centro de Operações da concessionária (Narandiba), fornecendo informações sobre a rede elétrica onde estão instalados. Esta tecnologia permite maior rapidez de atendimento, em caso de defeito na rede ou falta de energia nestes locais. Além desses, outros 60 sensores já estão em operação na Região Metropolitana e no Oeste do estado. Mesmo após o Carnaval, estes sensores continuarão sendo utilizados. Até o final de 2015, a previsão é de que cerca de 300 estejam instalados em Salvador e alguns municípios do interior, auxiliando no monitoramento da rede elétrica.

O planejamento da Coelba envolve ainda um esquema especial de atendimento às solicitações de emergência durante os dias de festa. Serão 150 funcionários por dia, envolvidos diretamente na Operação Carnaval, incluindo equipes trabalhando em locais estratégicos ao longo dos circuitos da folia e carnavais de bairros.

No período da festa, a concessionária também manterá um representante no Centro Integrado de Inteligência do Carnaval, espaço de monitoramento da Secretaria de Segurança Pública. O acesso às imagens das câmeras espalhadas pelos circuitos permite que técnicos da Coelba sejam acionados com maior rapidez e trabalhem com mais agilidade no atendimento às ocorrências relacionadas à energia elétrica.

Dicas de segurança com a rede elétrica no Carnaval
A concessionária, anualmente, alerta para o risco do lançamento de serpentinas (muitas vezes metalizadas), por parte de alguns blocos, prédios e camarotes, em direção à rede elétrica. Apesar do efeito de beleza no ambiente, o lançamento deste ou de qualquer objeto na rede elétrica é uma prática perigosa pois pode causar curto-circuito e interrupção no fornecimento de energia, além do risco de acidentes para quem lança o objeto e para pessoas que estão nas proximidades. Este mesmo cuidado vale para os balões e placas de propaganda, que devem ser mantidos distantes da fiação. Durante o carnaval, equipes das Coelba fazem, diariamente, a partir das 5h da amanhã, a limpeza da rede elétrica dos circuitos, retirando diversos tipos objetos (abadás, plásticos, adereços, etc) que foram arremessados na fiação.

Por meio de carta, a Coelba também já alertou entidades carnavalescas, blocos e trios para que estes evitem aumentar a altura dos seus trios e alegorias, respeitando o distanciamento mínimo regulamentar de 1,5 m da rede elétrica, tanto na vertical quanto na horizontal. Conforme determinação dos órgãos competentes, a altura máxima dos trios elétricos mais altura de suas alegorias e de seus ocupantes deve ser de 4,5 metros. Mesmo em locais onde não há mais travessias de rede elétrica aérea, por questões de segurança, é importante que esta altura seja respeitada.

Para evitar acidentes, os foliões também não devem subir em postes, marquises e árvores próximas à rede elétrica e, em caso de fios caídos, não se aproximar e avisar imediatamente à Coelba. Além da campanha publicitária, essas e outras dicas de segurança estarão nos folhetos e ventarolas que serão distribuídos pela Coelba aos foliões, turistas e moradores dos percursos do Carnaval.

Serão realizadas, durante os dias de festa, blitze educativas nas áreas de concentração e dispersão dos blocos, com ações voltadas para baloneiros, motoristas e profissionais de trios, alertando, principalmente, para importância de não encostar balões de publicidade e outras estruturas na rede elétrica. Também com foco na segurança, a Coelba vem realizando reuniões com entidades que promovem e participam da organização do Carnaval, a exemplo da Saltur, Sucom, Codesal, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar. As principais dicas em relação à rede elétrica foram passadas para os profissionais que armam e desarmam os trios elétricos, motoristas e técnicos de trio. Foram orientados ainda os técnicos de som dos cinco blocos afro das entidades que compõe o projeto Mundo Afro, patrocinado pela Coelba: Cortejo Afro, Ilê Aiyê, Malê Debalê, Muzenza e Filhos de Gandhy.

Estes órgãos também receberam uma cartilha específica contendo orientações de segurança. Por meio de parceria com a Prefeitura Municipal, estas dicas estarão presentes ainda no Guia do Folião, no site e redes sociais oficiais.

Principais dicas de segurança com relação à rede elétrica:

– Em caso de fio caído, não se aproximar e avisar a Coelba.

– Não jogar serpentina em direção à rede elétrica.

– Não subir em postes, marquises e árvores que estejam próximos à rede elétrica.

– Não fazer ligação clandestina de energia. Além de colocar a vida em risco, é crime.

– Não colocar enfeites e nem jogar objetos na rede elétrica

– Evitar que balões e placas de propaganda toquem na rede elétrica.

– Não direcionar jatos d’água à rede elétrica.

-É obrigatória a instalação do aterramento das estruturas metálicas de barracas e balcões.

– Em caso de acidentes envolvendo a rede elétrica, avisar imediatamente à Coelba: 0800 071 0800 ou 0800 281 0142 (Atendimento ao deficiente auditivo ou de fala).