COMOÇÃO: Família assassinada no interior da Bahia é enterrada; Polícia identifica suspeito

Fonte: Jean Mendes

Crédito da Foto: Plantão policial Igrapiúna

A Polícia Civil de Igrapiúna, a 330 km de Salvador, já identificou pelo menos um dos homens que assassinou uma família inteira na noite do último sábado (12/11) dentro de um veículo nas proximidades da BA-001. A informação foi passada ao Aratu Online pelo investigador chefe da cidade, Élton Mário da Silva.

Elenildo Silva de Jesus, 36 anos, Ana Barbara Silva, 19, além de uma criança sobrinha da mulher, foram mortos a tiros. Segundo o investigador, o crime foi motivado por vingança. “Não podemos revelar o nome do suspeito para não atrapalhar nas investigações. Segundo a nossa linha, uma vingança motivou o atentado”, resume Silva.

O triplo homicídio aconteceu por volta das 20h30 quando a família voltava de uma casa de farinha. “Eles estavam dentro de um Strada [modelo de carro]. O motorista [Elenildo] percebeu que vinha outro veículo atrás e acelerou. Quando chegaram em um entroncamento, os carros ‘emparelharam’ e o criminoso efetuou os disparos. O homem perdeu o controle e bateu a caminhonete. O atirador saiu do outro carro e deu mais disparos”, conta o policial.

Testemunhas que viajavam na caçamba do veículo presenciaram toda a ação e já prestaram depoimento. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Valença (IML) e enterrados na manhã deste domingo (13/11) em Igrapiúna. Uma multidão acompanhou o velório, como mostram essas imagens enviadas à redação do Aratu Online pela página Plantão Policial Igrapiúna.

Também no domingo, moradores da cidade bloquearam os dois sentidos da BA-001, sentido Camamu, para chamar a atenção pela morte da família. O trânsito só foi liberado com a chegada de uma guarnição da Polícia Militar.