CONTO AO PONTO: Coringa assumiu a cozinha de nova hamburgueria em Salvador

Fonte: Da redação

CONTO AO PONTO: Coringa assumiu a cozinha de nova hamburgueria em Salvador

Crédito da Foto: Fotos: Debora Rezende

Do Conto ao Ponto, parceiro do Aratu Online

Que a Pituba parece ser o reduto das hamburguerias gourmet, parece não haver dúvidas. No dia 13 de julho, o bairro ganhou mais uma casa do segmento: a Joker Grill Burguers and Beer. Localizada na Rua São Paulo, ela foge um pouquinho do circuito Av. Paulo VI – Rua das Hortências, e vem com a proposta de uma casa ampla e hambúrgueres mais simples.

Nesta quarta-feira, 26, o Conto ao Ponto foi convidado a conhecer um pouquinho do que a hamburgueria promete. Dos sócios Heyder Baraúna e Guga Fernandes, também chef do espaço, a Joker tenta se diferenciar nesse mar de carnes, queijos e pães. Assim, ao invés de invocar uma estética rock and roll, com aspectos de garagem e esportes urbanos, ela usa um coringa.

Mas não qualquer um: das paredes ao nome, tem como inspiração o universo dos HQs. Assim, a Joker (o inglês do Coringa) não é nada discreta na hora de brincar com essa linha. Com grafites e artes de Anderson Ar, a hamburgueria estampa as mais diversas formas em que o personagem foi aos cinemas, bem como explora as figuras do Batman (com a ilustração da sua projeção no teto), Mulher Gato e Alerquina.

Na casa, os funcionários usam verde e roxo e são muito simpáticos tanto na hora de bater um papo quanto para explicar os pedidos. As bandejas que carregam os hambúrgueres têm imagens dos personagens dos quadrinhos. Em um armário de vidro, canecas com as estampas da marca estão disponíveis para a venda. A ideia da brincadeira funciona para reforçar o conceito diferente da Joker, atribuindo identidade em um cenário tão disputado.

Mas a marca não é tão novata assim – você provavelmente já conhecia a proposta lá das feiras de rua em que os food trucks eram reis. “A gente não abandonou o food truck, ele continua”, conta o chef Guga Fernandes. A logística, no entanto, fez com que os sócios procurassem um espaço permanente para vender os produtos. “Primordialmente porque aqui [em Salvador] a gente não pode colocar ele na rua, tem que esperar eventos de terceiros”. Uma vez que essa possibilidade era muito cara, eles partiram para a procura de um ponto próprio.

Foi então com cerca de um ano do food truck que eles abriram a loja na Pituba. Outro diferencial que buscaram foi um espaço grande que se bastasse. “Queríamos que toda a estrutura fosse montada no mesmo lugar”, diz. Assim, nada de separar produção do serviço. A coisa funcionou. Frentes às hamburguerias soteropolitanas, a Joker se destaca por comportar 58 pessoas sentadas e cerca de 80 em pé – façanhas permitidas pelos aproximadamente 90m² da marca. “Das hamburguerias gourmet, é a maior que têm”, define o chef.

LEIA MAIS: DIA DOS NAMORADOS: Confira cinco restaurantes em Salvador para celebrar a data

Todo o cardápio, como era de se esperar, leva o nome de personagens dos HQs – você pode pedir por um Charada, Batman, Hera Venenosa ou Alerquina, por exemplo. As peças são formadas por 170g de hambúrguer de picanha. Assim, são nove opções com carne vermelha e uma de frango.

Os preços seguem o que já conhecemos em termos do produto na cidade – de R$ 27 a R$ 30. Atenção: não vem com batata! O combo existe, mas acresce R$ 8 no valor do prato. Ainda nas opções do cardápio, eles fizeram a Casadinha: por R$ 55, você leva a dupla Joker e Alerquina com uma porção de batata. Válido para quem vai acompanhado (ou quer comer dois. Por que não?).


Na seara das bebidas, tem cerveja para quem é de cerveja, refrigerante, água, sucos (Frozen, por sinal) e milkshakes bem caprichados que custam R$ 15 e vêm super cheios. A taça é enorme.Ontem, o nosso pedido foi o Alerquina – burger de picanha, três queijos (mussarela, coalho e parmesão) e maionese defumada em pão de batata (R$ 28). De um modo geral, ele é gostoso. Não se destaca, verdade seja dita, mas não decepciona. A carne é muito saborosa, o pão é muito massudo. A mistura dos três queijos é bacana, a maionese não aparece. A combinação é ruim? Não. Quando voltar à Joker, no entanto, a opção certamente será outra. Desculpa, Alerquina!

LEIA MAIS: 20 ANOS DE HARRY POTTER: Relembre os momentos mais marcantes da saga literária infantojuvenil

Para beber, o escolhido foi o milhshake de cappuccino: amor! Ele é gigante e muito gostoso. Não é enjoativo e o sabor do café se torna bastante acentuado. Como sua consistência é bastante grossa, era bom apenas ter um canudinho mais largo.

A ideia do produto mais simples é proposital. “Adoro as coisas que são simples”, salienta Guga. Assim, os produtos pegam justamente a proposta do hambúrguer inovador (como a mistura dos três queijos), mas sem grandes exageros. “Você encontra aquela coisa mais diferente mesmo. Eu tenho só um hambúrguer que é aquele que todo mundo tem: pão, carne, bacon, cheddar e cebola caramelizada”.

Dentre os insumos das outras peças, destacamos o parmesão maçaricado do Batman, o creme de queijo gorgonzola do Robin e as lascas de fumeiro assado com geleia de pimenta do Bane.

O espaço em si também é em agradável e isso faz com que toda a experiência do local seja bacana. É climatizado, confortável e com opções de mesas com sofás acolchoados. A iluminação também agrada: leve, mais puxada para o escuro. Algumas mesas têm mais luzes, então dá para agradar todo mundo.

A porta dos banheiros brincam de novo com o casal Alerquina, para as meninas, e Joker, para os rapazes. Lá dentro é tudo cinza, ao invés dos grafites e marcas estilizadas que sinceramente esperei. Mas não tem problema: a porta é bonita o suficiente para o banheiro todo.

Outra coisa bacana é a luz negra do bar: puxada para o roxo, cria uma vibe bem legal com os copos em néon.

No dia da inauguração, o chef conta que 413 pessoas estiveram presentes por lá. Atualmente, nos períodos mais movimentados, ele tem vendido uma média de 100 peças.

LEIA MAIS: PIADA MORTAL: Clássico dos quadrinhos com ‘Coringa misógino’ é arruinado por direção, diz site nerd

Esse comecinho da casa tende a ser lento. Eles ainda estão curtindo a inauguração e não têm planos definidos para uma expansão. Ainda assim, planejam fazer outras coisas no terreno. “Quero consolidar aqui primeiro”, afirma Guga. “Mas a gente vai expandir sim. Tem muito espaço aqui”. Ele, que adora carne, tem o plano de abrir o espaço do fundo da loja e vender peças nobres grelhadas.

Ao hambúrguer em si, faltou um pouquinho de suculência. Não na carne, mas no conjunto. Ainda assim, vale à pena experimentar o blend da Joker.

SERVIÇO:

Joker Grill Burguers and Beer – Rua São Paulo, 498, Pituba | De segunda a quarta, das 18 às 22 horas. Quinta a sábado, das 18 às 23 horas. Domingos e feriados, das 17 às 22 horas | (71) 9 8199-7000.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline.