Corpos de Cristiano Araújo e da namorada serão velados juntos; enterro acontece na manhã desta quinta-feira

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/Instagram

 O velório do cantor Cristiano Araújo, que morreu após um acidente na BR-153, durante a madrugada desta quarta-feira (24), e da namorada, Allana Moraes Coelho, será no Palácio da Música, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, Goiás​ às 17h. Os corpos das vítimas foram liberados por volta das 14h do IML de Goiânia.

 As duas primeiras horas serão destinadas a parentes e amigos das vítimas. Somente a partir das a partir das 19h será aberto ao público para as homenagens póstumas. O enterro de Cristiano Araújo está marcado para amanhã, às 11h, no Cemitério Jardim das Palmeiras.

O casal estava junto há um ano e 2 meses. Os dois se conheceram em uma festa de aniversário de uma amiga de Allana, que era filha de um dos empresários de Cristiano.

O acidente:

O cantor Cristiano Araújo e sua namorada Allana Coelho Pinto de Moraes, de 19 anos, morreram após um acidente de trânsito, ocorrido por volta das 3h, na BR-153, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás.

A jovem morreu no local. O sertanejo chegou a ser levado em estado grave, com hemorragia interna, para o Hospital Municipal da cidade de Morrinhos. De lá, foi transferido de helicóptero, mas chegou ao Hospital de Urgência de Goiânia já em óbito.

De acordo com a Produção do artista, ele voltava de um show em Itumbiara, a 200 km de Goiânia. Outras duas pessoas estavam no carro: o segurança Ronaldo Ribeiro, que dirigia o veículo, uma Land Rover, e o empresário Victor Leonardo da Silva Ferreira.

O empresário e o motorista  seguem internados no CTI. De acordo com o boletim do hospital, Vitor Leonardo, que estava no banco do carona, encontra-se em regular estado geral. Apresenta escoriações leves na face e em membros inferiores e superiores. Mantém adequados níveis de pressão e respira sem a ajuda de aparelhos. Já Ronaldo Miranda está em situação semelhante, mas não tem escoriações e está respirando sem ajuda de aparelhos.