Corpos mãe e bebê carbonizados na BR-242 deverão ser identificados apenas por DNA, diz IML

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Blog do Sigi Vilares

Os corpos das vítimas carbonizadas depois de um acidente na BR-242 serão encaminhados para fazer exame de DNA em Salvador. Pelo menos é o que confirma a assessoria do Instituto Médico Legal (IML), que diz “ainda não é possível dizer o sexo de duas pessoas. O homem foi o único a ser identificado”. Ao Aratu Online, a Polícia Civil passou que as vítimas, que o IML ainda não identificou, são: Edlene Maria de Oliveira Vieira e uma criança. A Polícia tem esse registro devido às identidades, mas o Instituto precisa fazer esse levantamento.

O IML confirmou ainda que ninguém da família apareceu para tomar as medidas cabíveis em relação aos mortos. O Aratu Online confirmou com o Hospital do Oeste que os feridos são duas crianças, que provavelmente são filhos do casal e irmãos do bebê, respectivamente. O estado de saúde das crianças ainda não foi divulgado.