Criminosos atravessam ônibus na pista no Dique do Tororó, Manifestantes repetem a cena no Ogunjá

Fonte: Da Redação

Crédito da Foto: Foto: Google Street View

Duas manifestações complicaram o trânsito em Salvador no final da tarde desta quinta-feira (6/10). De acordo com a Central de Polícias (Centel), o primeiro caso foi registrado no Dique do Tororó, onde criminosos do Engenho Velho de Brotas atravessaram um ônibus na altura de uma pizzaria e fugiram com as chaves.

Em nota, a assessoria da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que policiais da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar/Barbalho impediram que o veículo fosse queimado.

O protesto teria sido motivado pela morte de um homem, executado a tiros no bairro de Brotas. A polícia não deu detalhes sobre o fato. Pelo mesmo motivo, populares queimaram lixo na rua Alves Câmara, no Engenho Velho de Brotas.

O trânsito no Dique foi bloqueado por aproximadamente uma hora, até a retirada, que se deu com o auxílio de um guincho da Transalvador. O tráfego na região já foi liberado. O caso será investigado pela 6ª Delegacia Territorial.

Situação semelhante foi registrada no Ogunjá, onde outro ônibus foi atravessado na pista, sentido Vasco da Gama. Populares também queimaram pedaços de paus e pneus no local.

O fluxo é complicado, já que o veículo permanece na pista. O motivo deste protesto ainda é desconhecido. Os motoristas devem evitar a região.

De acordo com o repórter Xico Lopes, da TV Aratu, ônibus também foram tomados na Avenida Garilbaldi, onde interrompe o trânsito no sentido da Avenida ACM, e na Avenida Vasco da Gama. Neste último caso, o veículo foi deixado na via exclusiva e não provoca congestionamento. A polícia investiga se há conexão entre os quatro casos.