Desfile de turbantes marca encerramento de exposição de Negra Jhô

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação

O turbante será tema de um desfile promovido pelo Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, no Pelourinho, nesta terça-feira (12/3). A atividade marca o encerramento da mostra “Coroa de Ouro”, da cabeleireira, esteticista afro e hair designer Negra Jhô, e contará com 21 modelos negras apresentando cada uma das peças expostas no museu.

Filha de Ogun com Iansã, a estilista é conhecida por seus projetos que visam promover a autoestima e o orgulho pela identidade negra por onde passa. Além da exposição, que começou em novembro de 2018, também foram realizadas mediações e oficinas de turbantaria e estamparia afro promovidas pela própria Negra Jhô e pelo setor educativo do museu. No encerramento da exposição, o público poderá apreciar 21 modelos num desfile que mostrará os torços e turbantes da mostra, além de indumentárias produzidas por estilistas e grifes afro-baianas.

MUSEU UDO KNOFF

O museu de dois ambientes ocupados por materiais referentes à arte da cerâmica e do azulejo. A área inferior expõe as peças criadas pelo ceramista Udo Knoff, além de proporcionar uma visão cronológica da existência do azulejo disposta do século XV ao XX, incluindo sua chegada ao Brasil, no século XVII. O museu integra os espaços administrados pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

Visitação: terça a sexta, das 10h às 17h; sábados das 13h às 17h.
Entrada gratuita
Endereço: Rua Frei Vicente, nº 03, Pelourinho – Salvador (BA)
Contato: (71) 3117-6389.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.