Destroços de avião que caiu no mar da Barra são retirados por militares em operação conjunta

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Marinha do Brasil/divulgação

A Marinha, a Base Aérea de Salvador e o Corpo de Bombeiros concluíram na tarde desta quarta-feira (04) a operação conjunta que tinha o objetivo de recuperar os destroços de uma aeronave que caiu no mar da Barra, no último sábado, durante uma apresentação. O incidente vitimou o piloto André Textor.

Na operação, iniciada às 09h, foram empregados o Navio-Balizador “Tenente Boanerges” e mais cinco embarcações da Marinha do Brasil, além de aproximadamente 70 militares, pertencentes às três instituições envolvidas no resgate, incluindo mergulhadores do Corpo de Bombeiros e da Marinha.

O material recuperado, que corresponde às principais partes da aeronave acidentada, como motor e componentes estruturais, será desembarcado na Base Naval de Aratu e posteriormente transportado para a Base Aérea de Salvador por meio terrestre.

Agora, as partes ficam à disposição do 2º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA-2), Organização Militar da Força Aérea Brasileira, sediada em Recife-PE, para análise e investigação dos fatores contribuintes do acidente.