Em sexta movimentada, PM mata ‘Indío’ e ‘Bindola’ e prende ‘Mata Rindo’ e ‘Garotinho’

Fonte: Jean Mendes

Crédito da Foto: Alberto Maraux/divulgação/SSP

Esta sexta-feira (18/11) foi bastante movimentada em Salvador e Região Metropolitana nas ocorrências policiais envolvendo traficantes. O saldo representa um verdadeiro baque no crime organizado. Ao total, oito suspeitos foram retirados de circulação, sendo dois mortos, quatro presos e uma dupla de adolescentes apreendida.

aratu-online-vale

Material apreendido na ação no Vale das Pedrinhas. Foto: divulgação/Polícia Militar

A última situação aconteceu no Vale das Pedrinhas por volta das 15h. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que guarnições da Operação Apolo foram acionadas com a informação da presença de homens armados na localidade. Ao chegar no local, os agentes foram recebidos a tiros. No revide, três homens foram atingidos.

Um deles foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos. Com ele, diz a PM, foi encontrada uma pistola calibre 9mm, pedras de crack, cocaína e uma balança. Os outros dois conseguiram fugir do local, mas foram socorridos por familiares também para o HGE, onde já se encontram custodiados.

LUCAS “MATA RINDO”

Considerado líder da facção Bonde do Maluco no bairro de Cosme de Farias, o suspeito foi preso no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito também nesta sexta-feira pela Polícia Civil baiana.

Ele foi levado para o Complexo Penitenciário de Bangu, hoje conhecido como Complexo Penitenciário de Gericinó, onde permanecerá até ser recambiado para a Bahia.

LEIA MAIS: FIM DE VIAGEM: Líder do tráfico em Cosme de Farias, Lucas “Mata Rindo” é preso no Rio de Janeiro

“GAROTINHO” E SUA “TRUPE”

Sérgio Conceição da Silva, 21 anos, conhecido como “Garotinho”, foi preso durante uma operação policial no bairro de Portão, em Lauro de Freitas. Segundo a Polícia Civil, ele foi preso em janeiro deste ano, ficou custodiado 3 meses e 15 dias e voltou às ruas em abril, após relaxamento de prisão.

Na mesma operação, dois adolescentes foram apreendidos. Um deles, inclusive, vai acumular a terceira passagem pela Delegacia do Adolescente Infrator. De acordo com as investigações, ele liderava o grupo e é suspeito de quatro homicídios na região que têm ligação direta com o tráfico.

LEIA MAIS: SEM CHILIQUE: ‘Garotinho’ é preso com menores durante operação policial em Lauro de Freitas

QUEDA DE “BINDOLA”

Suspeito de liderar o tráfico de drogas na Roça da Sabina, região da Barra, Ian dos Santos, conhecido como “Bindola”, morreu após troca de tiros com policiais militares da 11ª CIPM.

Segundo o comandante da unidade, major Edmundo Assemany, o suspeito já vinha sendo investigado. Ele foi baleado durante a abordagem na Avenida Oceânica.

LEIA MAIS: VIOLÊNCIA: Troca de tiros na Barra termina com morte de traficante Bindola, líder da Roça da Sabina