Embasa anuncia conclusão de reparo em adutora; população ainda sofre com falta de água

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Driele Veiga / TV Aratu

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), divulgou uma nota nesta terça-feira (07) informando que o abastecimento de água já está sendo retomado de forma gradativa após a conclusão da implantação de nova adutora na BR 324. Os técnicos da empresa estão acompanhando a pressurização do sistema para poder estimar o prazo da completa regularização dos bairros afetados.

A CCR Metrô Bahia também se posicionou nesta terça-feira sobre o andamento dos trabalhos de regularização no abastecimento da cidade, após a adutora ter sido rompida durante obras de construção do metrô. A empresa informou que, em trabalho conjunto com a Embasa, concluiu o encaixe do último tubo do novo trecho da adutora. A nota diz ainda que “a CCR Metrô Bahia trabalhou, ininterruptamente, nos últimos seis dias, com um efetivo de 270 homens e cerca 70 máquinas e caminhões para auxiliar a Embasa nas obras de recuperação da adutora”.

Moradores da Liberdade procuram água em uma fonte do bairro. Foto: Driele Veiga

Moradores da Liberdade procuram água em uma fonte do bairro. Foto: Driele Veiga

Bairros
A Embasa havia informando que até o meio-dia de hoje cerca de 30% dos bairros afetados pelo desabastecimento de água teriam o serviço normalizado. A equipe de reportagem da TV Aratu esteve nas ruas e verificou que pelo menos na região da Liberdade o problema continua existindo. Os moradores informaram não ter uma gota de água em suas residências. Por este motivo, muitas famílias estão buscando água na Fonte da Estica, que fica localizada na Rua Coronel Tupi Caldas.

Desde cedo grandes filas são formadas no local e, por vezes, há princípios de confusão quando algumas pessoas tentam passar na frente de outras na fila. Neste momento, cerca de 70 pessoas estão no local tentando abastecer galões com água. O tempo de espera é de cerca de 40 minutos.

Acidente
A adutora que fica localizada na BR-324, na altura da Jaqueira do Carneiro, rompeu na última quarta-feira (01) durante realizações das obras do metrô de Salvador. A tubulação é um dos principais canais que alimentam o sistema da capital, levando água da Estação de Tratamento Principal, em Candeias, até o Centro de Reservação do Cabula, o maior do município. Com a interrupção, o sistema teve uma redução na vazão de água tratada distribuída, acarretando na falta de água em diversos bairros.