Empresário morto na Pituba foi agredido após discussão em bar, diz delegada

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Arquivo pessoal

A morte do empresário Luciano Rodrigues Vieira, 43 anos, foi confirmada na noite neste domingo (10/6), segundo informações da titular da 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), Maria Selma. Por se tratar de um homicídio, contudo, o caso será encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ainda de acordo com a delegada, Luciano teve um desentendimento com uns rapazes em um bar na Pituba, na sexta-feira (8/6), e foi embora. Os homens, no entanto, seguiram-no e o espancaram “na porta de casa”, também no mesmo bairro. O empresário chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permaneceu internado até este domingo, quando teve morte morte cerebral.

A família de Vieira optou pela doação de órgãos e seu corpo foi conduzido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). “Pedi imagens de câmeras de segurança e vou ouvir algumas testemunhas até o final desta segunda-feira (11/6), para encaminhar, então, a investigação para o DHPP”, explicou a delegada Maria Selma.

LEIA MAIS: Ataque suicida a ministério em Cabul deixa pelo menos 12 mortos e 31 feridos

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.

*Publicada originalmente às 9h55