Enterro de menina encontrada morta em Camaçari acontece nesta sexta-feira

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: arquivo pessoal/montagem/Aratu Online

O enterro da pequena Milena Alves, 10 anos, encontrada morta no início da noite desta quinta-feira (17/5), dentro de casa, no bairro Gleba A, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), acontece às 14h desta sexta-feira (18/5), no Cemitério Jardim da Eternidade, no referido município. O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Camaçari.

SOBRE O CRIME:

Depois do caso, dois vizinhos chegaram a ser detidos para averiguação, mas foram liberados logo em seguida. Lucivaldo Júnior e Robenilson Sampaio disseram à equipe de reportagem do Aratu Online que a detenção foi uma questão de rotina da Polícia Militar, acionada horas depois do homicídio que chocou os moradores locais. “Os policiais conversaram e disseram que era uma abordagem de rotina. Eles estão certos. Chegando lá [na delegacia], conversamos com a delegada, com todo mundo e depois eles nos liberaram”, contou Lucivaldo.

LEIA MAIS: Dupla detida após morte de criança em Camaçari é liberada; “quem fez, tem que pagar”

Já Robenilson revelou que foi levado para averiguação porque foi flagrado nas proximidades de onde a brutalidade aconteceu. “Quando eles [policiais] chegaram para averiguar o fundo da residência, estávamos fazendo uso de maconha. Depois fomos liberados. Quem fez esse crime tem que pagar com a própria vida”, frisou.

A titular da Delegacia de Homicídios de Camaçari, Maria Tereza Santos, evitou dar entrevista sobre a morte de Milena, mas fez questão de desmentir boatos. O mais forte deles sustenta que um vizinho adolescente já estaria na mira da Polícia Civil suspeito do estupro seguido de homicídio. Ele, de acordo com testemunhas, está desaparecido.

COBERTURA:

A equipe do Aratu Online teve acesso aos fundos da casa onde a vítima morava. No local, foi possível achar preservativos que podem ter sido usados pelo criminoso. Uma escada também utilizada pelo bandido foi achada. Um vizinho confirmou que o objeto não estava no local há cerca de dois dias.

LEIA MAIS: Vizinhos encontram preservativos no local onde criança foi estuprada e morta em Camaçari

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline