‘SAMARCO BAIANO’: Por conserto de linha de energia, esgoto é despejado direto no mar do Rio Vermelho, diz Embasa

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Biaggio Talento | Agência A TARDE

Em nota encaminhada à imprensa, a Embasa informou que técnicos da Coelba e da empresa continuam trabalhando para consertar a linha de distribuição de energia que alimenta as bombas da estação de condicionamento prévio de esgoto do Lucaia.

Na noite da última quarta-feira (23/3), na av. Vasco da Gama, um ônibus bateu num poste que sustenta os cabos dessa linha e, com isso, interrompeu o bombeamento de efluentes para o emissário submarino do Rio Vermelho. A conclusão do serviço foi prevista para ontem (24/3) à noite, mas devido à complexidade do processo de religacão dos cabos não foi possível terminar no prazo estimado.

A Embasa recomendou ainda que as pessoas evitem o contato com o mar na área da foz do rio Lucaia até que seja concluído o restabelecimento da distribuição de energia na estação de tratamento. Por conta da poluição, já é possível ver uma mancha no mar.

O ACIDENTE

Um ônibus da linha IAPI/Barra, do Consórcio Salvador Norte,  capotou na Avenida Vasco da Gama, sentido Rio Vermelho, por volta das 20H da última quarta-feira (23/3), em frente ao edifício Santa Madalena. Segundo informações da Central de Polícia (Centel), o motorista do ônibus, identificado como Genilson Silva, perdeu o controle da direção e bateu o veículo contra o poste.

Ele ficou preso às ferragens e precisou ter uma das pernas amputada. Silvafoi encaminhado por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estadi (Sesab), Silva passou por uma cirurgia e segue internado da UTI, mas com estado de saúde estável.

3cd8a4c8b2495aeb3bf029921ee21aad

e197bbea-8e1d-4b2e-9321-c8da5713ff75