Espetáculo Mobamba entra em cartaz na Caixa Cultural

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação

A Caixa Cultural Salvador apresenta o espetáculo cênico-musical Mobamba, uma roda de samba na qual são retratados personagens sociais tipicamente brasileiros. Dirigido pela bailarina e coreógrafa carioca radicada em Brasília, Márcia Duarte, a montagem se inspira na musicalidade e no universo do samba, gênero musical que reforça a identidade brasileira.

A curta temporada acontece entre 22 e 25 de janeiro de 2015, de quinta-feira até sábado, às 20h. No domingo, vai começar às 19h. Os ingressos têm preços populares e serão vendidos a partir das 9h do dia 22.

Em cena, tudo acontece numa roda de samba, contexto utilizado para representar o universo cultural, social e poético desse ritmo tão imbricado no cotidiano brasileiro. Com dramaturgia inspirada em sambas de bambas históricos da música popular brasileira, Mobamba chama a atenção pela riqueza de movimentos dos atores em cena e pela intrigante relação entre amor, sedução, dor, traição e religiosidade.

A música executada ao vivo e um elaborado jogo de palavras, ora cantado, ora falado, ditam o ritmo da cena num contexto onde brincadeira e liberdade criativa estão presentes em momentos de improvisação e de interação com a plateia, inserida na encenação pela proximidade física com a atuação dos artistas.

O riso solto, a bebedeira e a confusão espontâneas de uma divertida roda de samba são interpretados pelos atores e bailarinos Fabiana Marroni, Fernanda Alpino, Luara Learth, Luciana Matias, Luisa Duprat, Paulo Victor Gandra e Tamara Correia, acompanhados pelos músicos Mariana Sardinha, no cavaquinho, Amílcar Paré, no violão, Iara Alvarenga, na percussão, e Fernanda Jacob e Márcia Duarte, nos vocais.

O espetáculo Mobamba também é uma homenagem à Bahia e à sua capital. Foi em Salvador que a diretora e vocalista Márcia Duarte, bisneta de uma baiana afrodescendente, passou alguns anos estudando. Depois disto retornou para Brasília com um desejo latente de reverenciar a cultura que percebeu estar tão arraigada à sola dos próprios pés.

O projeto nasceu em 2010, em uma parceria de Márcia com Marcus Mota. É uma realização da Cia. Márcia Duarte e do Departamento de Artes Cênicas da Universidade de Brasília. Mobamba foi contemplado com o Prêmio Funarte Klauss Vianna de 2011 e selecionado no edital do Fundo de Apoio à Cultura do GDF. Apresentou-se em Brasília (DF), Pirenópolis e Goiânia (GO), e agora chega a Salvador com o patrocínio exclusivo da Caixa Cultural.

Ficha técnica:

Direção de Criação
Márcia Duarte

Direção Musical
Marcus Mota

Intérpretes pesquisadores e criadores
Fabiana Marroni,  Fernanda Alpino, Luara Learth, Luciana Matias, Luisa Duprat, Paulo Victor Gandra e Tamara Correia.

Músicos
Violão – Amílcar Paré
Cavaquinho –Mariana Sardinha
Percussão – Iara Alvarenga
Voz – Fernanda Jacob
Voz – Márcia Duarte

Cenografia e Figurinos
Hugo Rodas

Direção Técnica e Iluminação
Ana Luiza Quintas

Fotografia
Raquel Pellicano

Designer Gráfico
Janaína Coe

Produção
Carvalhedo Produções

Produção Local
Trevo Produções

Realização
Cia. Márcia Duarte
MOVER – Laboratório de pesquisa e criação em poéticas do movimento
LADI – Laboratório de Dramaturgia e Imaginação Dramática

Serviço:

Espetáculo Cênico-Musical: Mobamba
Período: de 22 a 25 de janeiro (quinta-feira a domingo)
Horário: às 20h (quinta-feira a sábado); e às 19h (domingo)
Local: CAIXA Cultural Salvador – Rua Carlos Gomes, 57, Centro – Salvador (BA)
Ingressos: R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia)
Informações: (71) 3421-4200
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 16 anos