EUNÁPOLIS: Acusado de matar garota de programa é preso pelo PETO

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: RADAR 64

O pelotão especial da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar prendeu na madrugada desta segunda-feira (13/3), um homem acusado de matar, um dia antes, uma garota de programa no bairro Stela Reis, zona norte de Eunápolis, a cerca de 650 km de Salvador.  As informações são do Radar 64.

Marlon Alves Santo, 31 anos, foi preso, por volta de 1h, na Avenida David Jonas Fadini. Ele apresentava diversas lesões, que teriam sido causadas por mordidas e unhadas. Questionado por policiais sobre o crime, o acusado contou que “só se lembrava de ter mantido relações sexuais com a vítima”.

LEIA MAIS: AGRESSÃO: Cantor Victor, da dupla sertaneja Victor & Leo, depõe por 2 horas na delegacia de mulheres

CASO

A garota de programa Sueli Oliveira dos Passos, 30 anos, foi morta por volta das 3h30 da madrugada deste domingo (12/3). De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, ela apresentava traumatismo craniano. Ao lado do corpo foi encontrado um pedaço de tronco de árvore, com manchas de sangue.

Populares disseram que acionaram a Polícia Militar depois que viram um homem agredindo uma mulher a pauladas na Rua Stelita Melgaço. Quando chegaram ao local, os policiais já encontraram a vítima desacordada. O delegado Rafael Brito informou ao Radar 64 que Sueli fazia programa nas imediações de um posto de combustível na BR-101, perto de onde foi encontrada morta.

Ainda segundo o delegado, ela era usuária de crack e vivia a maior parte do tempo nas ruas. “A mãe contou que ela só aparecia em casa eventualmente”, frisa o delegado. Sueli tinha cinco filhos, que não estavam sob sua tutela. Rafael Brito disse ainda que a polícia vai colher imagens de câmeras instaladas na área onde ocorreu o crime, com o intuito de tentar localizar o assassino.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline.