EXCLUSIVO: Reportagem desvenda esquema por trás do aliciamento de menores para prostituição

Fonte:

O programa ‘Que Venha o Povo’ exibiu nesta quarta-feira (6/10) a segunda reportagem especial sobre homens que aliciam menores de idade para a prostituição usando informações de cadastro de emprego.

Na primeira reportagem, que foi ao ar na última terça-feira (5/10), mostramos como funcionava o esquema. A jovem, desavisada, levava seus documentos para um destes locais que prestam serviço de intermediação de mão de obra — o SIMM (Serviço de Intermediação de Mão de Obra), da Prefeitura, por exemplo, foi um dos locais onde ocorreu esse tipo de situação.

Logo depois, via whatts app, um homem iniciava diálogo com a jovem convidando-a para prestar serviços sexuais em uma boate na cidade: a Relex Bar Night, situada no bairro de Patamares. Ele prometia rendimento mensal de R$ 5 mil para as garotas, fora 10% pagos pelo o que o cliente consumir na casa.

LEIA MAIS: EXCLUSIVO: Jovens são aliciadas para prostituição após envio de dados para emprego; Veja vídeo

Nesta segunda parte, nossos repórteres conseguiram chegar aos supostos envolvidos no esquema. São dois homens: um chamado Érico Santos Ribeiro e outro Alexandre Quirino Santos Silva. Conseguimos gravar e conversar com os dois.

Alexandre confirma que é dono da boate Relex Bar Night. Porém, diz que seu nome está sendo usado por Érico para enganar as garotas. Já Érico nega envolvimento no esquema e diz desconhecer estas informações. No entanto, há um boletim de ocorrência que confirma a detenção de Érico por aliciar garotas. No momento, ele está solto.

A reportagem foi produzida pelos jornalistas Alexandre Lyrio, André Uzêda e Mariana Sena. A edição é de Daniel Teixeira.

Veja vídeo completo da segunda reportagem abaixo:

 

Veja vídeo completo da primeira reportagem abaixo: