EXONERADO: Após prisão, Gustavo Ferraz é desligado do cargo de diretor-geral da Codesal

Fonte: Da Redação

EXONERADO: Após prisão, Gustavo Ferraz é desligado do cargo de diretor-geral da Codesal

Crédito da Foto: Reprodução

O Diretor-Geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal) foi exonerado do cargo após ser preso preventivamente na manhã desta sexta-feira (8/9), por suspeita de auxiliar na destinação e acomodação das malas de dinheiro – contendo R$ 51 milhões – encontradas em um apartamento ligado a Geddel Vieira Lima, no bairro da Graça, na capital baiana, na última terça-feira (5/9).

LEIA MAIS: PREVENTIVA: Geddel deve embarcar para Brasília nesta sexta; Diretor da Codesal também foi preso

Em nota, a prefeitura de Salvador divulgou a exoneração, afirmando que não compactua com ‘qualquer ato ilícito’.

Leia comunicado na íntegra, abaixo.

A Prefeitura de Salvador informa que o servidor Gustavo Ferraz foi exonerado hoje do cargo de diretor geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), na sequência das investigações policiais em curso.

A Prefeitura de Salvador não compactua com nenhum ato ilícito e qualquer servidor municipal envolvido em questões dessa natureza terá que responder na justiça.

LEIA MAIS: PRISÃO PREVENTIVA: Ex-ministro Geddel deixa residência conduzido pela PF após pedido do MPF

LEIA MAIS: PGR: Rodrigo Janot deve pedir prisão de Joesley Batista ao STF, diz jornal

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.