HOMICÍDIO CULPOSO: Policial responsável por tiro que matou criança em São Caetano é indiciado

Fonte: Da redação

HOMICÍDIO CULPOSO: Policial responsável por tiro que matou criança em São Caetano é indiciado

Crédito da Foto: Reprodução

Após revelação feita pelo repórter do Aratu Online que a bala que matou Mirella do Carmo Barreto, de 6 anos, partiu do policial militar Aldo Santana do Nascimento, lotado na 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá), o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) concluiu o inquérito e o soldado PM foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas a pessoa que faz o disparo assume o risco.

A investigação dependia de resultados de pericias, já foi encaminhado ao Ministério Público (MP), no final de junho. Nele, o exame de micro comparação balística revela que o projétil encontrado no corpo da vítima saiu da arma utilizada pelo PM, uma pistola ponto 40, que foi entregue para perícia.

Na noite da morte da menina, o PM teria atirado para o alto, por volta das 21h30, em sinal de advertência, durante uma diligência policial na Rua Goméia, onde a menina residia.

LEIA MAIS: EXCLUSIVO: Bala encontrada no corpo de criança em São Caetano partiu da polícia, conclui delegacia

LEIA MAIS: AMARGOSA: Suspeito de assalto a ônibus escolar é preso pela Polícia Civil

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline.