Índice de mortos em rodovias federais baianas cai 39% durante carnaval, diz PRF

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação

Os índices de acidentes, mortos e feridos são os menores registrados nos últimos oito anos durante o feriado de Carnaval nas rodovias federais. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os dados nacionais dizem que, da última sexta-feira (13) até a quarta-feira de cinzas (18), o órgão atendeu 31,7 acidentes para cada milhão de veículos em circulação, que resultaram em 1,37 mortos para cada grupo de um milhão de veículos e 20,4 feridos por milhão. Comparados com os do ano passado, esses índices apontam redução de 22% na quantidade de acidentes, 28% na taxa de mortos e 18% na taxa de feridos. A Bahia também registrou índices de mortes reduzidos, com queda de 39%.

Mesmo após o endurecimento da legislação que pune as ultrapassagens forçadas e feitas em locais proibidos, o tipo de acidente que mais provocou mortes nesse feriado foi a colisão frontal, causada, na maioria das vezes, pelas ultrapassagens mal realizadas.

Muitos motoristas ainda insistiram na mistura álcool e direção. Esses tiveram a viagem interrompida nas fiscalizações da PRF. Dos mais de 85 mil testes do “bafômetro” realizados, 372 resultaram na prisão do condutor e 2.006 geraram a sanção administrativa, que é a multa de R$1.915, 40, o recolhimento da habilitação e a retenção do veículo. A cada quatro minutos e meio um motorista que dirigia alcoolizado nas BRs foi retirado de circulação.

A Operação Carnaval foi inserida na segunda etapa de um esforço de fiscalização mais abrangente, a Operação Integrada Rodovida. A integração entre Casa Civil, Ministérios da Justiça, Saúde, Cidades, Transportes e os órgãos estaduais e municipais é um grande esforço governamental para a redução da violência no trânsito. A primeira etapa da Operação teve início no dia 12 de dezembro de 2014 e foi até o dia 31 de janeiro de 2015. Após uma pausa, as ações simultâneas entre os órgãos em locais e horários pré-definidos foram retomadas no dia 06 de fevereiro e seguem até o próximo domingo (22).

BRs 324 e 116 – trechos Bahia
A Via Bahia, que administra trechos das duas rodovias, registrou 48 acidentes nas rodovias sob sua responsabilidade durante todo o período festivo com 20 feridos e duas vítimas fatais. Houve 85% menos vítimas nos acidentes ocorridos em comparação com 2014. E os acidentes com mortos caíram de 3 em 2014 para 2 em 2015.