Irmãs morrem após serem envenenadas em São Cristóvão e suspeito é linchado por populares

Fonte: Da redação

As irmãs Regina dos Santos Paes 26 anos, e Gleide dos Santos Paes 30, morreram nesta sexta-feira (4), após darem entrada no Hospital Menandro de Farias. A suspeita é de que elas tenham sido envenenadas com chumbinho. O autor do crime seria um homem, conhecido pelo apelido de “Bigode”, que mantinha um relacionamento amoroso com uma das vítimas. Ele foi linchado por populares e morreu no Hospital do Subúrbio, para onde foi encaminhado.

De acordo com a Central de Polícias (Centel), as mulheres chegaram no Menandro de Farias durante a madrugada, mas não resistiram. Regina, que estava grávida, e sua irmã, residiam no condomínio Bosque das Bromélias, em São Cristóvão. Uma criança de dois anos e Isac Henrique dos Santos, de 49, que também tiveram contato com o veneno, estão internados em estado grave na mesma unidade médica.

A remoção dos corpos já foi solicitada pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). A polícia ainda investiga as circunstâncias das mortes. O Aratu Online entrou em contato com a assessoria do departamento, e foi informado de que ainda não há detalhes sobre o caso.