LEI ROUANET: Claudia Leitte recebe R$ 356 mil do Governo para autobiografia

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Reprodução internet

Não bastasse arrasar no Carnaval de Salvador, a cantora Cláudia Leitte espera ter semelhante sucesso na literatura. Isto porque, o Diário da União revelou nesta quarta-feira (17/2) que  a cantora captou a quantia de R$ 356 mil para a publicação de uma autobiografia. O pedido inicial da produtora Ciel teria sido de R$ 540 mil.

Segundo o projeto apresentado ao Ministério da Cultura, o livro financiado com dinheiro captado pela Lei Rouanet conterá a biografia da Cláudia em português e em inglês e “uma entrevista exclusiva com a cantora”.

Além disso, serão disponibilizadas letras e partituras de seus principais sucessos e fotos nunca antes apresentadas ao público. O livro terá uma tiragem inicial de 2 mil cópias.

Segundo o relatório do Ministério da Cultura,”trata-se de uma obra de cunho jornalístico, com entrevista com a artista não só sobre a sua trajetória, mas também impressões sobre o cenário da música nacional e estrangeira”. Sendo assim “a obra gera, neste sentido, impacto cultural positivo”.

O projeto foi aprovado apenas seis dias antes que o Tribunal de Contas da União decidisse proibir que recursos incentivados pela Lei Rouanet fossem destinados a projetos de cunho cultural com viés lucrativo.

Curiosamente, em 2011, o MinC autorizou a cantora Maria Bethânia a captar R$ 1,3 milhão para a criação de um blog. A ideia era lançar um portal com postagens diárias de vídeos da baiana proclamando poemas. O projeto motivou uma série de manifestações contrárias na internet e acabou sendo “arquivado”.