Mariella Santiago faz lançamento do segundo CD em show multimídia

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Juh Almeida/divulgação

Janeiro começa com boas novidades na cena musical baiana e brasileira. Numa safra de artistas já tarimbados e reconhecidos no ofício, a sensibilidade de Mariella Santiago pulsa forte em canções autorais, contemporâneas e plenas de identidade. Intitulado Ella, o segundo CD dessa grande intérprete será lançado, gratuitamente, na próxima sexta-feira (16/01), 19h30, no quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia – espaço cultural histórico, com mais de 200 anos.

Ella traz 15 canções que vêm sendo experimentadas e interpretadas por Mariella nos últimos 10 anos. Totalmente gravado em Salvador, 11 faixas do disco são inéditas. No repertorio, versões e arranjos originais para clássicos de Tim Maia, João Gilberto e Edson Gomes. O trabalho conta com as participações luxusoas de grandes mestres da música brasileira, como Chico César (com quem compôs a faixa “Calunga Exuberante), Letieres Leite (Rumpilezz) e dos pianistas Ubiratan Marques (Afrosinfônica) e Donatinho. A produção musical é uma parceria da cantora com o produtor paulista radicado na Bahia, Beto Neves. A atmosfera do show ganha ainda a colaboração preciosa do videoartista Marcondes Dourado – que fará o cenário em vídeo projeções – enquanto o artista visual Caetano Brito assina o videomapping.

A sonoridade Pop talvez surpreenda alguns fãs, mais apegados ao lado jazzístico da cantora. É marcante a presença do samba em seus vários sotaques, e das baladas, como “Omorodé” e “Apará”, revelando sua face mais romântica. Nesses momentos ouvimos o timbre encorpado de Mariella em interpretações serenas que contrastam com a agitação festiva das outras faixas.

Uma citação do clássico Fala só de Amor, do reggaeman Edson Gomes, anuncia a carinhosa “Obalalá”, de João Gilberto. Por todo o disco ouvimos esses cruzamentos entre estilos e artistas de mundos e épocas diferentes.

O hit “Que beleza”, de Tim Maia, ganha versão afroroots, enquanto os versos de “Saudação”, de autoria de Mariella, se misturam ao ícone da soul music brasileira numa parceria impensável, que conta ainda com a voz de Glauber Rocha.

“Apesar de ter sido criado em estúdio, Ella nasceu nos palcos”, diz a artista sobre o repertorio do disco ter sido escolhido durante os shows, no contato com o público. “Não que sejam as melhores – são todas filhas. Mas entre as canções que fiz ou que passaram por mim, são as que mais nos tocam nesse momento” afirma.

A versão digital do disco, agenda, vídeos e notícias estão disponíveis em: www.mariellasantiago.com

Serviço:

Show de Lançamento do CD Ella – Mariella Santiago
Data: Sexta-feira – 16 de janeiro
Horario: 19:30
Local: Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Entrada franca