Moradores acusam policiais à paisana de sequestrar e torturar homem em Itinga; Veja vídeo com flagrante

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: César Irará/Aratu Online

Moradores do Condomínio Quinta da Glória, em Itinga, Região Metropolitana de Salvador, acusam policias à paisana de sequestrar e torturar um homem de 18 anos na última quarta-feira (24/2). Um deles gravou um vídeo com o flagrante do momento. Confira:

Nas imagens, é possível ver dois homens, armados com pistolas, colocando a vítima, que veste camisa azul, no interior do porta-malas de um carro, além de golpeá-la com uma barra de ferro.

Em entrevista à repórter Izadora Florentino, da TV Aratu, ele contou que foi levado para uma localidade conhecida como Capelão, onde teria sido agredido por cerca de duas horas e ameaçado de morte. A sua identidade será preservada.

Os moradores disseram que os policiais procuravam por um traficante, responsável pelo comércio de drogas na região. Os familiares registraram o caso na 27ª Delegacia Territorial, em Itinga.

Em nota, a assessoria da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) informou que os policiais estiveram no local para cumprir mandado judicial de busca e apreensão, determinado pela 1ª Vara Crime de Lauro de Freitas, contra Marcelo Santana de Jesus, conhecido como “Marmelo”.

No local, os militares não encontraram o suspeito. Ainda de acordo com a nota, em seguida eles receberam uma denúncia anônima de que no mesmo prédio estava escondido um homem conhecido como “Tchuk”, acusado de ter cometido um homicídio no bairro da Ribeira.

Os militares então abordaram o suspeito e informaram que ele seria conduzido à delegacia para averiguações. Mesmo tendo resistido, o homem foi conduzido para a unidade de Itinga, onde foi identificado como Moisés Silva Gonçalves. Como não havia acusação, ele foi liberado em seguida.