Morre modelo atropelada por ônibus enquanto pedalava em SP

Fonte: Do Terra

Crédito da Foto: Mariana Livinalli Rodriguez/Facebook / Reprodução

A modelo Mariana Livinalli Rodriguez, que foi atropelada por um ônibus na última terça-feira (1º) enquanto andava de bicicleta em São Paulo, não resistiu aos ferimentos e morreu nessa quinta-feira (3). A informação foi confirmada pela agência JOY Model, por meio de um comunicado em sua página no Facebook.

“É com pesar que a JOY Model tem o dever de informar o falecimento da modelo Mariana Livinalli Rodriguez. Vítima de colisão na última terça-feira (01/setembro), Mariana trafegava de bicicleta em São Paulo, quando foi atingida por um ônibus. Encaminhada ao Hospital das Clínicas – SP, passou por procedimentos cirúrgicos, porém não resistiu e veio a óbito. A JOY Model lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza e presta toda a assistência necessária aos familiares. Ficam as lembranças desta profissional gentil, amável e promissora. Um ser humano iluminado.
Mariana deixará saudades”, diz a publicação.

Natural de Soledade (RS), Mariana, 25 anos, sofreu traumatismo craniano e foi internada em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas. De acordo com o site da revista IstoÉ, seu quadro clínico se agravou durante a madrugada de quinta-feira .

Ainda segundo a IstoÉ, a modelo pedalava pela Rua Chopin Tavares de Lima e foi atingida de frente por um ônibus da linha Terminal Pinheiros – Terminal Parque Dom Pedro II ao fazer uma conversão para a ciclovia da Faria Lima, na zona oeste da capital. Ela estava sem capacete.

Em nota, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) lamentou o acidente e afirmou que a conversão feita pelo ônibus para a Rua Chopin Tavares de Lima é permitida. “Esse cruzamento é controlado por semáforo, com um foco específico para conversão de ônibus à esquerda e outro específico para ciclistas”, disse a CET. Em depoimento à Polícia, o motorista do coletivo afirmou que o sinal estava verde para ele.