Movimento no entorno do ferry ainda complica trânsito na Cidade Baixa

Fonte: Da Redação

Crédito da Foto: Driele Veiga / Arquivo

O movimento de embarque no sistema ferry boat continua grande nesta terça-feira (30) e o trânsito de veículos no entorno do terminal de São Joaquim, em Salvador, está bastante prejudicado. Segundo informações da Transalvador, muitos pedestres e carros circulam pelo local, o que acaba estreitando a via provocando lentidão na região.

Na manhã de hoje, ainda de acordo com o órgão municipal de trânsito, a situação é verificada em grande parte da Cidade Baixa. Condutores de veículos encontram dificuldades trafegando pelas avenidas Engenheiro Oscar Pontes, Jequitaia e  Fernandes da Cunha; além da Rua Barão de Cotegipe, no bairro da Calçada e início da Avenida Suburbana.

A concessionária que administra o sistema, Internacional Travessias Salvador, informou que houve operação durante toda a madrugada e confirmou o fluxo intenso nesta manhã, no terminal de São Joaquim. No terminal de Bom Despacho o fluxo é bem menor para a travessia tanto de pedestres quanto de veículos.

As partidas ocorrem em intervalos de 30 minutos, em média, e no momento, seis embarcações estão operando em sistema de bate-volta: Ivete Sangalo, Juracy Magalhães Júnior, Maria Bethânia, Rio Paraguaçu, Pinheiro e Zumbi dos Palmares. Ainda durante esta manhã, a embarcação Dorival Caymmi entra em operação. As embarcações Anna Nery e Agenor Gordilho estão em manutenção.

Além disso, a empresa está preparada para manter as travessias por 24 horas nos dias 30 para 31/12; de 1º para 2/1/15; e de 4 para 5/1/15 – considerando o fluxo necessário para a travessia, ou seja, completando pelo menos 70% da capacidade do barco.