Nairzinha cria editora e lança seu primeiro livro: “Cirandando com Nairzinha”

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação

No próximo dia 18 de abril (sábado, Dia Nacional do Livro Infantil), às 16h, a pesquisadora do folclore infantil brasileiro Nairzinha lança o livro “Cirandando com Nairzinha” no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura (Salvador Shopping). A ocasião também marca o lançamento oficial da editora da pesquisadora, a Lúdico e da personagem “Nairzinha” que, a partir de agora, estará sempre presente nos produtos e eventos realizados pela editora.

Tendo como sócios Nairzinha, Paula Paranhos e Marcelino Neto, a editora nasce com o foco em projetos voltados para a educação infantil, visando atender escolas privadas, bem como órgãos públicos e projetos institucionais. “Com essa editora eu começo a publicar a minha pesquisa de mais de 40 anos dentro do universo do folclore, das brincadeiras tradicionais brasileiras”, acrescenta Nairzinha. Além de publicar os livros de Nairzinha, a Lúdico se propõe a ser um espaço para outros autores que tenham trabalhos dentro na mesma linha.

Além de tudo isso, a Lúdico tem uma característica social bem marcante, onde parte do seu faturamento será revertido para a Oscip “Sons do Bem” que Nairzinha fundou em 2001. “Dessa forma, a editora está ajudando a preservar o patrimônio imaterial da cultura da infância brasileira. Assim, este saber popular torna-se vivo de duas formas: com os livros, mas também com o apoio às nossas atividades sociais”, declara Nairzinha.

Reunindo cerca de 50 cantigas de roda, brincadeiras cantadas, acalantos e cançonetas, o livro “Cirandando com Nairzinha” traz esse conteúdo de domínio público acompanhado por ilustrações que retratam as brincadeiras propostas. O livro vem ainda com um CD que reúne, com novos arranjos, as peças musicais do livro em marcha, frevo, bossa nova, ijexá, reggae, valsa, entre outros ritmos.

“É importante que as nossas crianças se acostumem com a qualidade artística desde cedo. Além da qualidade do material de domínio público que é a base de todo o meu trabalho de pesquisa ao longo de 40 anos, tivemos todo o cuidado na editoração das peças e com as ilustrações. Tudo isso convida as crianças de todas as idades a entrarem na roda e a brincar conosco”, explica Nairzinha.

Equipe Lúdico
A Lúdico Editora é uma sociedade entre Nairzinha Spinelli Lauria, Paula Paranhos e Marcelino Neto. Marcelino Neto é empresário com experiência em empresas do ramo financeiro, educacional, editorial, dentre outros. É consultor para empresas do segmento de construção, saúde, móveis e educação, tendo a sua trajetória baseada nas áreas administrativas e financeiras. Paula Paranhos é formada em Administração de Empresas, com MBA em Gestão de Negócios. Tem experiência de mais de 10 anos no mercado editorial e em gestão de projetos de educação e responsabilidade social.

Quem é Nairzinha e como é seu trabalho
Há 40 anos Nair Spinelli Lauria (Nairzinha) estuda, pesquisa, atualiza e devolve às crianças da Bahia e do Brasil as brincadeiras tradicionais, oriundas da tradição indígena, portuguesa e africana, formadoras da identidade cultural brasileira. Entre seus afazeres de mãe e assistente social no presente momento, a pesquisadora possui contextualizadas – do ponto de vista étnico, histórico, antropológico e musical – um acervo de 2.000 peças do folclore infantil brasileiro.

As peças – devidamente catalogadas, escritas e partiturizadas – constituem um dos maiores acervos de cantigas de roda, brincadeiras contadas, parlendas, brincadeiras de rua, brinquedos, xácaras, sambas, lundus, toadas, quadras populares e pregões da cultura brasileira. Para Nairzinha, esse conteúdo identificado como estratégia didática valoriza as contribuições identitárias, investe na autoestima e resgata valores como solidariedade, colaboração e partilha. Retornando a escola, valoriza uma brincadeira sem consumo, erotismo violência e competição.

Seu projeto, o Cirandando Brasil, é fruto desse trabalho de pesquisa sobre as cantigas e brincadeiras do folclore infantil brasileiro. Em suas cantigas e brincadeiras, o Projeto Cirandando Brasil promove a integração entre as crianças, fortalece a identidade cultural, a autoestima e os laços do grupo, de forma a ampliar a ciranda mundial, em defesa da inocência e da integridade da infância, contribuindo assim, para o desenvolvimento da Cultura de Paz, através da brincadeira. Realiza “Capacitação de Multiplicadores” e shows-baile (desde 1987 foram realizados 6.000 eventos, sendo 3.020 em praças e parques e as restantes em congressos, escolas, centros comunitários, museus, hospitais etc.).

Nairzinha publicou o livro “Cirandando Brasil – Guia prático de Pais e Professores com 180 partituras”. Este livro é usado na ferramenta “Capacitação de Multiplicadores”, tendo a brincadeira como estratégia didática e conteúdo transversal. No total, desde 2000, foram mais de 20 mil professores capacitados. Em 2013, lançou outro livro que conta a história da brincadeira brasileira através das identidades que formaram a nossa cultura: “Quintal… Saudade ou Utopia”. Reúne 300 peças, entre canções, histórias e brincadeiras.

Também em 2000 foi implementado o “Quintal – Memória da Brincadeira” que educou durante 11 anos na periferia de Salvador 300 crianças por ano. Pela brincadeira linguagens artísticas foram passadas para as crianças, através de oficinas de música, artes plásticas, artes cênicas, literatura e capoeira. Cerca de 3.600 crianças foram contempladas. Há três anos, esse projeto é realizado sem financiamento e atende 70 crianças do bairro Cidade Nova. Em 2001, foi criada a OSCIP Associação Sons do Bem que é a pessoa jurídica do projeto.

Em agosto de 2009, na sede da OSCIP (Cidade Nova), foi criada a Biblioteca Maria Rita de Almeida Andrade, como forma de contribuir ainda mais com a comunidade. “Cada vez vemos mais a participação da comunidade nas ações da “Sons do Bem” e da biblioteca, através dos projetos que desenvolvemos. Podemos dizer que formamos muitos leitores naquele bairro, de crianças a idosos que infelizmente nunca tinham tido a oportunidade de ler um livro antes”.

Ficha Técnica:

Autora: Nairzinha
Editora: Lúdico
28 páginas
Ilustrações: Lúdico

Serviço:

Lançamento do livro “Cirandando com Nairzinha”
Lançamento Editora Lúdico e da personagem ‘Nairzinha’
Local: Teatro Eva Herz da Livraria Cultura (Salvador Shopping)
Data: 18/04, 16h