Caetano Veloso, Wagner Moura e outros artistas se unem contra prédio luxuoso defendido por Geddel

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Ego - Globo

Artistas e intelectuais baianos, aliados a grandes nomes de outros estados, se uniram para impedir a construção do espigão La Vue, no Porto da Barra. O empreendimento é alvo de uma polêmica envolvendo o baiano Geddel Vieira Lima, ministro da Secretaria de Governo do presidente Michel Temer (PMDB).

No último sábado (19/11), ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero acusou Geddel de pressioná-lo para liberar as obras do prédio junto ao Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), que embargou a obra por entender que há riscos de criar sombreamento na praia e modificar o regime de circulação de ventos na área.

Em nota, os artistas, escritores, jornalistas, professores e produtores apoiam texto contra a construção do luxuoso arranha-céu “La Vue”, previsto inicialmente para ter 30 andares. Segundo o ex-ministro Calero, Geddel teria cobrado a aprovação da obra por ter comprado um apartamento no 23º andar do prédio. O político baiano, no entanto, nega ter feito pressão.

“O projeto, como apresentado, terá um impacto brutal sobre a paisagem do sítio histórico do Porto da Barra, uma das mais belas praias urbanas do mundo e patrimônio precioso da primeira capital do Brasil, merecedora de preservação especial”, diz um trecho do texto dos artistas.

Entre os que apoiam o documento estão: Caetano Veloso, Tom Zé, Dori Caymmi, Luis Fernando Verissimo, Sonia Braga, Wagner Moura, Emanoel Araujo (escultor e curador), Milton Hatoum, Nana Caymmi, Xico Sá, Anna Muylaert, Benjamin Moser (biógrafo e escritor), João José Reis (historiador), Luiz Carlos Maciel, Danilo Caymmi, Paula Lavigne, Guto Burgos (produtor), Sergio Machado (cineasta), Péricles Cavalcanti, Moreno Veloso, Jorge Salomão, Jerusa Pires Ferreira (ensaísta), José Walter Lima (cineasta), Regina Boni (figurinista e marchande), Renato Braz, Jussara Silveira, Lucas Santtana, Otto, Gerônimo, Paquito, Tiganá Santana, Leo Cavalcanti, Josélia Aguiar (jornalista e curadora da Flip), Cecilia Amado (cineasta), Carlos Rennó (letrista), Bob Fernandes (jornalista), Ronei Jorge, Felipe Cordeiro, Roberto Barreto (do BaianaSystem) e Teago Oliveira, entre outros.

Na próxima sexta-feira (25/11) está marcada um protesto em frente da obra do “La Vue” para impedir a continuação da obra.